João Pessoa, 12 de December de 2017
Brasil
17/02/2017 as 09:52min - PB Agora
Cartões de hotéis não contêm informações

 O diretor geral da Saga Systems Brasil, Jessé Resende, alerta ao mercado que é mentirosa uma mensagem que está circulando nas redes sociais, “mal intencionada”, falando sobre as características dos cartões de banda magnéticas que são utilizados nos hotéis como chaves das portas.

 

“Gostaria de esclarecer que essa mensagem é mentirosa e que as informações contidas nos cartões são somente referentes a abertura da porta (dos apartamentos dos hotéis). Esses cartões não têm capacidade para guardar tanta informação como mencionam no email e, mesmo que tivesse, os hotéis não colocariam essas informações nos dispositivos, pois são irrelevantes para sua operação”, enfatiza.

 

Jessé Resende informa também, que as fechaduras que usam cartões de bandas magnéticas já estão sendo substituídas por fechaduras que usam a tecnologia de rádio frequência. “A banda magnética é uma tecnologia dos anos 80 e já obsoletos, porém seguros”, aponta.

 

O gerente da Saga, empresa que produz os cartões e que está no mercado há 28 anos, afirma que os cartões de banda magnética ou de rádio frequência não devem ser destruídos. “Eles devem ser devolvidos na recepção dos hotéis, pois se são de boa qualidade eles têm uma vida útil muito longa e isso além de ajudar no custo do hotel, ajuda o meio ambiente”.

 

Na Paraíba, pelo menos dois hotéis adotam esse tipo de cartão: o Tropical Hotel Tambaú e Littoral.

 

Turismo em Foco

Compartilhe