Rio – A mulher que acusa Neymar de estupro teria feito exame seis dias após ter supostamente encontrado com o jogador. De acordo com o portal "UOL", o laudo médico aponta hematomas, problemas gástricos, perda de peso e sintomas de stress pós-traumático. 

O laudo ainda relata quadro de "dor, perda de peso, ansiedade e problemas gástricos pós-episódio de estresse emocional e hematomas provenientes de agressões na região das nádegas e pernas". A mulher se queixou de tremor nos locais das supostas agressões.

Dentre as hipóteses de diagnóstico, estariam  transtorno misto ansioso e depressivo, síndrome dispética – um conjunto de sintomas gástricos e traumatismos superficiais múltiplos. O laudo teria sido feito em um renomado hospital de São Paulo.

Nesta segunda-feira, o atacante foi intimado a depor pela Polícia, que foi até a Granja Comary. O jogador também está sendo investigado por divulgar imagens íntimas da mulher e a conversa dos dois nas redes sociais. 

 

O DIA

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Mentiroso. Não merece ser juiz”, diz Lula sobre Moro após caso The Intercept

Em entrevista concedida à TVT (Tv do Trabalhador) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou as matérias publicadas pelo site The Intercept, que trazem mensagens trocadas através de aplicativo…

Tite comemora vitória do Brasil na estreia da Copa América

Ainda como reflexo da eliminação nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018 e das atuações pouco convincentes desde então, Tite iniciou a Copa América pressionado. Mesmo o…