O ambiente histórico da Igreja de São Francisco, no Centro de João Pessoa, vai abrigar o Concerto de Natal da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, nesta quarta-feira (12), às 18h, com regência do maestro Luiz Carlos Durier e a participação do Coro Sinfônico da Paraíba. Músicas de Handel, Roberto Tibiriçá e Leroy Anderson vão enaltecer o espírito natalino no concerto, que marca o encerramento da temporada 2018 do Projeto OSPB nos Bairros e que será apresentado no adro da igreja, com entrada aberta ao público.

O concerto é uma realização do Governo da Paraíba, através da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc). O evento tem patrocínio do BNB e Brastex, com apoio do Ministério da Cultura, através de lei de incentivo do Governo Federal. “Será um concerto marcado por muito afeto e beleza. A junção da Orquestra Jovem com o Coro Sinfônico resulta sempre em uma ótima oportunidade de ouvir clássicos orquestrais e também música popular com arranjos clássicos. A Funesc está sempre atenta a essas possibilidades”, disse Nézia Gomes, presidenta da Funesc.

E complementou: “No último dia 2, inclusive, a Orquestra Sinfônica Jovem fez um grande concerto em homenagem ao Dia do Samba, tendo como convidados quatro nomes da cena musical paraibana: Polyana Resende, Salete Marrom, Kojak do Banjo e Mirandinha. A Sala de Concertos estava lotada! Uma plateia maravilhada! O Concerto de Natal também será gratuito e com a bela igreja de São Francisco como cenário. Um concerto imperdível”. 

Repertório

A apresentação começa com “Fanfarra para um Homem Comum”, composição do americano Aaron Copland (1900 – 1990). O programa do concerto continua com obras de compositores franceses. São “Sylvia Suíte de Ballet – Cortejo de Bacchus”, de Léo Delibes (1836 – 1891); “Seleção do Ballet Fausto (Dança dos Escravos Núbios, Dança Antiga, Variações de Cleópatra, Dança de Frinéa)”, de Charles Gounod (1818 – 1893) e “Bacchanalle da Ópera Sansão e Dalila”, Camille Saint-Saens (1875 – 1921).

Duas músicas de compositores brasileiros vêm em seguida: “Série Brasileira – Batuque”, de Alberto Nepomuceno (1864 – 1920), e “Caymmi: Mulheres (Marina, Dora, Rosa Morena)”, de Wellington das Mercês (1973). Logo depois, será a vez do público conferir “Danzon nº 2”, do mexicano Arturo Marquez (1950).

Os destaques do repertório de músicas natalinas são “Festival de Natal”, do americano Leroy Anderson (1908 – 1975); “Seleção de Natal”, arranjos do compositor brasileiro Roberto Tibiriçá (1954), e, fechando a noite comemorativa, “Aleluia”, de autoria do alemão G. F. Handel (1685 – 1759).

“Nós da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba estamos numa expectativa muito boa e com o espírito natalino para celebrar o Natal com o concerto no adro da Igreja de São Francisco”, disse o maestro Luiz Carlos Durier.

Ele explicou que, neste concerto, a Orquestra Sinfônica Jovem faz uma revisão de todo o repertório tocado durante a temporada de 2018. “Selecionamos aquelas mais significativas, aquelas músicas mais emocionantes para celebrar exatamente o espírito de Natal. Neste concerto contaremos com a participação especial do Coro Sinfônico da Paraíba cantando uma seleção maravilhosa de canções natalinas arranjadas pelo maestro Roberto Tibiriçá. E encerraremos com o Aleluia, de Handel, que faz parte da cantata O Messias, uma música que é celebrada no mundo inteiro”.

O maestro explicou que também foram escolhidas músicas brasileiras e dançantes. “O repertório vai ter o espírito natalino, mas também vai ter aquele espírito descontraído através da música. Então, vai ser uma surpresa para todas as pessoas presentes, que terão um concerto de Natal leve e muito agradável”.

Luiz Carlos Durier destacou o sucesso do OSPB nos Bairros. “Esse concerto é o encerramento do projeto iniciado há três anos e que prevê apresentações em igrejas. Este ano começamos o projeto nas cidades de Cajazeiras e Pombal e agora estamos encerrando em João Pessoa. Foi um trabalho desenvolvido na divulgação da Orquestra Sinfônica da Paraíba e Sinfônica Jovem do Sertão do Estado até a capital”, observou o maestro. “Esperamos que o Adro da Igreja de São Francisco esteja lotado porque nós preparamos o repertório mais bonito e mais emocionante para celebrar o Natal”, completou.

Coro Sinfônico

Fundado em 1960, o Coro Sinfônico da Paraíba é um dos grupos oficiais da Orquestra Sinfônica da Paraíba, formado por coristas da mais larga experiência e das mais variadas idades e profissões, que desenvolvem o gosto pelo canto coral, com o objetivo de proporcionar a todos uma música de qualidade. Desde então tem atuado junto à Orquestra Sinfônica e Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba em diversos concertos, com grande repercussão no meio musical, apresentando importantes obras para coro e orquestra, além de concertos didáticos e populares. O grupo que hoje tem como regente titular o maestro Daniel Berg tem, em seu currículo, inúmeras apresentações em festivais nacionais e internacionais em diversas partes do Brasil e em encontros de coros.

 Regente

Paraibano de João Pessoa, Luiz Carlos Durier é o regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) há 21 anos. Seu trabalho direcionado para jovens músicos em formação tem reconhecimento em todo o Brasil. Em setembro de 2013 foi nomeado diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB).

Como regente convidado, conduziu a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, Orquestra Sinfônica do Estado de Sergipe, Orquestra Sinfônica da UFRN e Orquestra Criança Cidadã do Recife. Durier também regeu a Orquestra de Cordas da 29ª e 30ª Oficina de Música de Curitiba. No ano de 2012, o maestro recebeu a Comenda de Honra ao Mérito, pelo desempenho profissional frente à OSPB.

Entre suas atividades, conduziu a OSPB na gravação ao vivo do CD da cantora Marinês e sua Gente e do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Com a OSPB e a OSJPB, esteve à frente de concertos com artistas populares como Ângela Rô Rô, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Geraldo Azevedo, Dominguinhos e Zélia Duncan.

Por três anos consecutivos, Luiz Carlos Durier regeu a Orquestra Sinfônica da Paraíba e a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba em grandes concertos comemorativos ao aniversário da cidade de João Pessoa, com artistas paraibanos, que lotaram o Teatro Pedro do Reino, no Centro de Convenções. No dia 5 de agosto de 2016, a apresentação teve como destaque o cantor e compositor Zé Ramalho; no ano passado, as atrações foram as cantoras Cátia de França e Nathalia Bellar, e neste ano, o também paraibano Chico César foi o destaque da apresentação em homenagem aos 433 anos da capital paraibana.

PB Agora

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Prefeito de Cuité anuncia Festa de São Pedro; prefeitura não terá custos

Na cidade de Cuité, no Curimataú da Paraíba, os festejos juninos terão um acréscimo com a festa de São Pedro, anunciada na tarde desta quarta-feira (26) pelo Prefeito Charles Camaraense.…

Banda de Gabriel Diniz vai tocar no São João em CG em homenagem ao cantor

Os fãs do cantor Gabriel Diniz, vão matar saudades do artista que morreu em um acidente aéreo dia 27 de maio. A banda do artista vai tocar no São João…