João Pessoa, 19 de Novembro de 2018
Economia
02/11/2018 as 15:42min - PB Agora
Venda de flores para Dia de Finados diminui a cada ano, aponta comerciantes

O Dia de Finados, celebrado nesta sexta-feira, 2 de novembro, é um feriado religioso dedicado a orações e homenagens às pessoas que já se foram. Nesta data, as pessoas costumam visitar os cemitérios e enfeitar com velas e flores o túmulo do parente ou amigo falecido. Os comerciantes afirmam que, com o passar dos anos, a procura por flores tem diminuído e para não ter prejuízo mantém o mesmo valor que em períodos convencionais.

 

De acordo com Nilson Vasconcelos, gerente de uma floricultura localizada próximo ao Cemitério Senhor da Boa Sentença, no Varadouro, as vendas de flores estão caindo desde o Dia das Mães. “Antes as pessoas compravam um maço de flores do campo. Hoje compra um buquê com cinco flores. Os fornecedores de Caruaru, Gravatá e Garanhuns costumavam aumentar o preço na semana desses feriados. Agora mantém porque senão todo mundo tem prejuízo. Encomendávamos 700 pacotes antes, agora são 500 pacotes de flores do campo”, explicou.

 

Tanto na floricultura localizada no Mercado Central quanto nas proximidades do Cemitério Senhor da Boa Sentença, não há significativa variação de preço. O maço de flores do campo custa R$ 20 (pequeno) e R$ 30 (grande). As flores sorriso de Maria, nas cores branca e roxa, e tango, custam R$ 10 cada maço, e hortência, R$ 15 cada cacho. Os crisântemos das mais variadas cores são a opção mais procurada em velórios (coroa de flores) e Dia de Finados por ter uma durabilidade maior e ser considerada mais barata e popular. De acordo com a vendedora Maricelha Martins, a procura semanal é para decoração de festas, casamentos e ornamentação de arranjo de igrejas.

 

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Compartilhe