João Pessoa, 19 de Novembro de 2018
Economia
05/11/2018 as 14:06min - PB Agora
Produtos natalinos começam a colorir lojas de decoração na Paraíba

Faltando menos de três meses para o Natal, as lojas de decoração já começam a investir nos artifícios natalinos para deixar o ambiente em clima de dezembro. Muitos consumidores são guiados pelas decorações natalinas das lojas, que acabam fazendo com que a árvore decorada, o presépio e a guirlanda comecem a ser montadas ainda em outubro. Os preços e estilos são para todos os gostos e bolsos.

 

Para ter uma árvore de natal decorada em casa, por exemplo, o consumidor pode gastar entre R$ 150 a R$ 5 mil. Mesmo com todas as dificuldades políticas e econômicas que o Brasil vem passando, a Paraíba tem se destacado entre os estados brasileiros com crescimento de vendas no comércio acima da média nacional. Em virtude disso, o Instituto Fecomércio prevê um crescimento nas vendas de final de ano na ordem de 4,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

"Em função desse crescimento nas vendas do final de ano, já a partir do mês de outubro, o comércio do Estado da Paraíba espera oferecer entre quatro e cinco mil vagas de trabalho temporários", acrescenta Marconi Medeiros, presidente da Fecomércio.

 

São vários fatores que influenciam no preço, entre o tamanho do pinheiro, a cor e os tipos e quantidade de decorações escolhidas. As fitas para decorar a árvore também tem um preço bem variável, entre R$ 10 e R$ 110 o metro. Quem está procurando por presépios, artigo importante para os mais religiosos, pode desembolsar entre R$ 57 a mais de R$ 7 mil, dependendo do tamanho, material e acabamento.

 

A empresária Kiang Mei Chi explica que quem gosta de decoração quer ver a casa arrumada para o Natal o quanto antes. Além disso, ela comenta que, mesmo quem não estava pensando ainda no Natal, ao ver as lojas decoradas acaba sendo incentivado a começar as compras.

 

“Como a gente já trabalha com decoração, fica mais conveniente começar cedo. As vendas já começaram, como o produto está exposto o interesse já é despertado, Mas novembro é quando vende mais, porque as pessoas já querem começar dezembro com a casa arrumada”.

 

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Compartilhe