João Pessoa, 15 de December de 2017
Esportes
05/10/2017 as 10:51min - PB Agora
Saída do Z4 anima, mas São Paulo prega cautela contra rebaixamento

 O  São Paulo ganhou fôlego com vitória sobre o Sport no último domingo e saiu da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro. No entanto, a ordem agora é evitar que a euforia pelo resultado atrapalhe o objetivo do clube de se afastar ao máximo da zona do rebaixamento. Foi com isso na cabeça que o técnico Dorival Júnior iniciou a semana de treinos nesta quarta-feira, e assim que os líderes do grupo tratarão a questão daqui para a frente.

O primeiro a se manifestar foi o argentino Lucas Pratto. O centroavante admitiu que a reapresentação se deu com outro clube após a saída do Z4, mas pregou cautela. Ele citou a diferença de apenas um ponto da zona do rebaixamento para lembrar que nada aconteceu ainda.

- Eu estava falando com o Lugano, nunca me tinha acontecido isso. Às vezes você não sabe o que pensar em uma liga tão competitiva. Os que estão embaixo estão todos perto. São dez, doze times com três pontos de diferença. Como eu disse, conseguimos respirar um pouco, mas precisamos de muitos resultados ainda. E também é bom para a gente que tenham muitos times brigando, porque quando você briga só com dois, três, fica mais difícil - analisou o camisa 9 do Tricolor.

O São Paulo está na 14ª colocação com 31 pontos. O Sport, primeiro da zona, tem 30 pontos na 17ª colocação. Ao mesmo tempo, o Atlético-MG, próximo adversário, é o 9ª com apenas três pontos à frente. Lembrando que dependendo de combinações, o G9 pode dar vaga na Libertadores este ano, caso Flamengo vença a Copa Sul-Americana e o Grêmio, a Libertadores.

Assim, Dorival seguirá com a programação de restringir alguns treinamentos da imprensa com o objetivo de ter mais privacidade. Nesta quinta e sexta os treinos serão abertos. Já no fim de semana, como de costume, as atividades serão totalmente fechadas. Mas a partir da segunda o técnico abrirá apenas a primeira parte para registro de algumas imagens.

Os jogadores também fizeram acordo de evitar declarações que possam motivar adversários. A ordem é falar o menos possível. Assim, o Tricolor espera sair de vez da zona que tanto incomoda.

Terra.com.br

Compartilhe