João Pessoa, 13 de December de 2017
Esportes
10/10/2017 as 22:52min - PB Agora
Colômbia e Uruguai na Copa, Peru na repescagem e Paraguai eliminado

O goleiro colombiano David Ospina poderá ser lembrado no futuro como um dos responsáveis pela presença do Peru na Copa do Mundo da Rússia, no próximo ano. Ele tocou na bola ao saltar para defender uma falta cobrada pelo atacante Guerrero, em falta que deveria ter tido dois toques. Por tocar na bola o tento foi validado. Assim, Colômbia e Peru empataram por 1 a 1, no estádio Nacional de Lima, na noite desta terça-feira.


Apesar da falha e até da reclamação de jogadores da Colômbia, que não chegaram a ver o toque de Ospina na bola, o resultado foi bom para ambas as seleções. Os colombianos ficaram na quarta colocação, com 27 pontos, obtendo a vaga no Mundial de forma direta.

 

Os peruanos vão disputar a repescagem contra a Nova Zelândia nos dias 6 e 17 de novembro. A seleção roja terminou a eliminatória sul-americana na quinta colocação, com 26 pontos, igual ao Chile, mas ficou à frente pelo saldo de um gol positivo contra saldo de zero dos chilenos.

 

O gol colombiano foi marcado pelo atacante James Rodriguez aos 12 minutos do segundo tempo.

 

O empate peruano ocorreu aos 31 da etapa final com Guerrero, na cobrança de falta que teve uma colaboração de Ospina, do Arsenal.


Uruguai confirma vaga


A missão do Uruguai era mais tranquila na noite desta terça. A equipe celeste recebeu a Bolívia, no estádio Centenário, em Montevidéu, e venceu de virada por 4 a 2.

 

Suárez marcou duas vezes e Cavani e Cáceres completaram o placar. O primeiro tento boliviano foi contra de Gastón Silva e o segundo foi contra de Godín.

 

Com o resultado, o Uruguai terminou a eliminatória na segunda colocação, com 31 pontos. A Bolívia ficou na penúltima colocação, com 14.

 

Paraguai fracassa com vexame


O Paraguai dependia apenas de si para conseguir uma vaga no Mundial e não parecia ser um grande desafio. A seleção paraguaia enfrentou a Venezuela, lanterna da eliminatória, em Assunção. Difícil imaginar um roteiro melhor. Mas a noite foi de vexame.

 

O empate já era ruim para os donos da casa. A coisa piorou aos 39 minutos do segundo tempo, quando Yangel Herrera abriu o placar para os visitantes.

 

O revés fez o paraguaios terminarem a eliminatória na sétima colocação, com 24 pontos. A Venezuela continuou na lanterna, com 12.

 

ESPN

Compartilhe