João Pessoa, 25 de Maio de 2019
Esportes
09/05/2019 as 07:15min - PB Agora
Flamengo empata com Peñarol-URU e garante classificação

Mesmo com um jogador a menos em boa parte do segundo tempo, o Flamengo segurou o empate em 0 a 0 com o Peñarol-URU e conquistou a classificação para as oitavas de final da Libertadores. Com o resultado obtido em Montevidéu nesta quarta-feira, os rubro-negros terminaram o Grupo D na liderança, com 10 pontos. Já os uruguaios, com a mesma pontuação, estão fora da competição.

 

Como a LDU-EQU venceu por 4 a 0 o San José-BOL, em Quito, os equatorianos conquistaram a segunda vaga do grupo pelos critérios de desempate. O Peñarol vai ter que se contentar em disputar a Copa Sul-Americana.

 

O jogo

 

O Flamengo não deixou Peñarol pressionar e logo com um minuto quase abriu o placar. Em avanço rápido, Arrascaeta deixou Gabigol de frente para Dawson. No entanto, o atacante tentou tirar do goleiro e mandou pela linha de fundo. O Peñarol tinha dificuldade em passar pela marcação rubro-negra. Tanto que a resposta uruguaia veio aos sete, em chute de fora da área de Brian Rodríguez.

 

Os cariocas não sofriam com o Peñarol, que tinha mais posse de bola, e ainda assustavam nos contra-ataques. O Flamengo teve nova chance de marcar aos 16 minutos. Éverton Ribeiro tabelou com Gabigol e cruzou rasteiro para a pequena área. Bruno Henrique se jogou para tentar a finalização, mas viu a bola passar direto. Depois, foi a vez de Gabigol ser lançado e chutar próximo ao gol.

 

Com o passar do tempo, os vistantes equilibraram na posse de bola e passaram a chegar com mais intensidade ao ataque. O Flamengo teve duas boas chances de marcar com Bruno Henrique e Willian Arão. O atacante desviou a bola em dividida no alto com o goleiro e viu a bola ir pela linha de fundo. O volante chutou cruzado e não contou com nenhum toque para empurrar para a rede.

 

Nos minutos finais, os rubro-negros continuaram melhores em campo e ainda desperdiçaram mais duas oportunidades nos acréscimos. Gabigol sozinho da intermediária, mas chutou fraco, em cima de Dawson. Em seguida, Willian Arão cruzou e Bruno Henrique não conseguiu alcançar a bola para mandar para a rede. Assim, o duelo permaneceu empatado até o intervalo.

 

O segundo tempo começou equilibrado, com as duas equipes em busca do ataque. O Peñarol assustou primeiro em chute de Brian Rodríguez, mas o Flamengo respondeu em seguida com Arrascaeta. O uruguaio recebeu passe na área, mas chutou em cima de Dawson.

 

Os rubro-negros seguiram desperdiçando boas oportunidades e aos dez minutos, Gabigol recebeu na entrada da área e finalizou para grande defesa de Dawson, que salvou o gol com o pé. Só que os donos da casa quase fizeram em seguida. Após cruzamento, a bola bateu em René e ia em direção do gol. No entanto, Léo Duarte apareceu para salvar os cariocas.

 

A situação mudou para o Flamengo aos 18 minutos, quando ficou com um jogador a menos. Pará fez falta em Brian Rodríguez e recebeu o segundo cartão amarelo. Na cobrança da falta, Cristian Rodríguez cabeceou com perigo.

 

Com a vantagem em campo, o Peñarol passou a pressionar o Flamengo. Os uruguaios quase marcaram aos 24 minutos. Giovanni González aproveitou falha da zaga e chutou cruzado, muito perto do gol de César.

 

Aos poucos, os rubro-negros se acalmaram em campo e melhoraram a marcação. Com isso, os uruguaios pararam de chegar próximos do gol. Nos minutos finais, o Flamengo soube conter uma possível pressão dos donos da casa e ainda desperdiçaram chance incrível com Vitinho. O atacante foi lançado e, de frente para Dawson, chutou em cima do goleiro. Já nos acréscimos, Giovanni González foi expulso e foi o golpe final para a classificação flamenguista em Montevidéu.

 

 

Grêmio - Pelo quarto ano consecutivo, o Grêmio está nas oitavas de final da Libertadores da América. O Tricolor afastou as desconfianças e venceu a Universidad Católica por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, garantindo o segundo lugar no Grupo H com 10 pontos.

No primeiro tempo, Michel lançou Alisson, que dominou com o pé, ajeitou com o peito e tocou na saída do goleiro Dituro. No segundo, Leonardo cruzou rasteiro para Thaciano, que apenas empurrou para o gol vazio. O adversário do time de Renato Portaluppi sai na noite de segunda-feira, quando acontece o sorteio da Conmebol em Luque, no Paraguai.

 

 

Cruzeiro - O Cruzeiro esteve perto de um feito histórico: terminar a fase de grupos da Copa Libertadores sem sofrer gols. Depois de passar cinco jogos invicto no setor defensivo, o time celeste perdeu para o Emelec por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Mineirão, no último jogo da primeira fase.

O primeiro gol foi contra. Fábio, responsável por grandes defesas, acabou empurrando a bola para as próprias redes em um lance de azar para o goleiro. O tento saiu aos 41 minutos do primeiro tempo. O meia João Rojas acertou um belo chute. A bola bateu no travessão e voltou nas costas do goleiro Fábio, antes de entrar. O segundo gol saiu aos 45' do 2º tempo, marcado em pênalti cobrado por Angulo.

 

Superesportes com globoesportes.com

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Compartilhe