João Pessoa, 18 de Janeiro de 2019
Paraíba
09/01/2019 as 13:05min - PB Agora
PC libera suspeitos de envolvimento em morte de ator no Centro de JP

 

Foram liberados os homens detidos por suspeitos de envolvimento na morte do ator e professor de teatro, Simão de Almeida Cunha, no Centro Histórico de João Pessoa. De acordo com o delegado Ademir Fernandes, de homicídios, não houveram evidências suficientes do envolvimento deles.

 

Segundo ele, algumas informações dos suspeitos e das testemunhas estavam desencontradas. No entanto, ainda conforme o delegado, a polícia definiu que o crime foi um latrocínio, assalto seguido de morte, e, por isso, a investigação deve ser encaminhada para a Delegacia de Roubos e Furtos.

 

“A gente tem que trabalhar com responsabilidade, não adianta você inventar um autor. Tem que trabalhar para também não injustiçar ninguém. Então foi isso que aconteceu, como a gente não teve subsídios suficientes para determinar que ele era o autor do fato, a gente liberou”, afirmou.

O ator e professor de teatro de 30 anos foi morto após ser esfaqueado na madrugada do domingo (6), no Centro Histórico de João Pessoa, segundo a Polícia Militar. Simão Almeida Cunha, de 30 anos, era natural de Campina Grande e passava férias na capital paraibana. De acordo com amigos da vítima, ele teria sido golpeado após sair de um bar.

 

Segundo a PM, o crime teria acontecido por volta de 1h (horário local), no Centro. A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (samu) e levado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda na madrugada.

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Compartilhe