A Secretaria da Segurança e Defesa Social da Paraíba está reforçando todas as regiões do Estado que fazem divisa com o Ceará. A informação foi repassada ontem pelo secretário Jean Francisco Nunes, ao revelar que a Paraíba está monitorando as ações que estão ocorrendo naquele estado após a série de ataques praticados por integrantes de facções criminosas.

 

Jean Francisco Nunes disse que após receber a informação da fuga de 23 presos da cadeia pública de Pacoti, a 107 km de Fortaleza, ocorrida na manhã de segunda- feira (7) determinou maior rigor na fiscalização.

 

Ele salientou que está mantendo constantes contatos com as autoridades de segurança do Estado do Ceará para tomar conhecimento das ações dos bandidos. "Nós continuamos atentos a tudo que vem acontecendo no Nordeste, em especial no Ceará. Temos uma relação muito boa com todas as secretarias da segurança e continuamos observando esse movimento", ressaltou.

 

Jean considera a situação preocupante e muito crítica. As regiões que requerem mais atenção da segurança da Paraíba estão localizadas no Vale do Piancó e Sertão do estado. "Sabemos das dificuldades que aquele estado está passando", acrescentou, lembrando que a Secretaria da Segurança está fortalecendo algumas ações de monitoramento das divisas com os estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte e o próprio Ceará, através do Serviço de Inteligência da Seds, que está mantendo contatos com o Centro Integrado de Inteligência do Ceará, implantado recentemente.

 

O secretário disse ainda que vem articulando ações de inteligência com o tenente- coronel Sérgio Fonseca, secretário de Administração Penitenciária da Paraíba para a troca de informações sobre o sistema penitenciário e os órgãos de segurança do estado.

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPT tem 131 investigações na PB envolvendo exploração do trabalho de menores

  O Ministério Público do Trabalho possui 3,3 mil procedimentos ativos ou investigações envolvendo exploração do trabalho da criança e do adolescente, em todas as suas 24 Procuradorias Regionais espalhadas…

Duas mulheres e uma criança são vítimas de sequestro ao saírem de igreja, em JP

Momentos de tensão foram vividos por uma família na noite desse domingo (14), na saída de uma igreja localizada no bairro da Torre, em João Pessoa. Três pessoas, sendo duas…