Foram encaminhadas a um abrigo as crianças que durante a madrugada desta quinta-feira (10) foram ameaçadas pela própria mãe de arremessá-las embaixo de um ônibus, no Centro de João Pessoa. As crianças de 4 e 1 ano, de acordo com o Conselho Tutelar, foram acolhidas e passam bem.

De acordo com a polícia, a mãe das crianças estava bastante nervosa e, segundo ela, o ato de se atirar na frente do coletivo com as crianças aconteceu logo após uma discussão com o pai das crianças. Populares que estavam no local evitaram que a ação desesperada da mulher terminasse de forma trágica com a morte dela e das crianças.

Ainda de acordo com relatos de testemunhas feitos ao Conselhor Tutelar e à polícia, a menina de quatro anos chegou a ser tirada dos braços da mãe, que invadiu a avenida com a criança de 1 ano. A ação rápida do motorista do ônibus também teria sido fundamental para salvar a vida de ambas.

A mulher precisou ser conduzida para a Central de Polícia por violação dos direitos das crianças. As crianças foram encaminhadas a um abrigo na Capital porque a família delas não se prontificou a ficar com elas.

 

PB Agora

 

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
Compartilhamentos
Total
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Marido da deputada e cantora gospel Flordelis é assassinado no RJ

O marido da deputada federal Flordelis (PSD) foi morto a tiros na madrugada deste domingo, 16, em Niterói, região metropolitana do Rio. Segundo a Polícia Militar, o pastor Anderson do…

PF apreende 1,5 tonelada de maconha do tipo skunk no Litoral da PB

Uma operação da Polícia Federal apreendeu, neste fim de semana, uma tonelada e meia de maconha prensada do tipo skunk em João Pessoa e Cabedelo. Esta é uma variação da…