João Pessoa, 12 de December de 2017
Política
27/10/2011 as 11:52min - PB Agora
Aldemir sai em defesa de vereador acusado de pedofilia

O deputado José Aldemir (DEM) saiu em defesa do presidente da Câmara de Cajazeiras, o vereador Marcos Barros (PSDB) acusado de abuso sexual contra menor ocorrido na sede legislativa. A denúncia foi propagada pelo também deputado Vitoriano de Abreu (PSC) que fez uso da tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba, na manhã desta quinta-feira (27), para tornar pública a denúncia contra o vereador do Sertão e Aldemir foi defendê-lo.


“A denúncia que o deputado Vitoriano fez foi extremamente grave. Estou aqui não para contraditar e sim para dizer que ele agiu com precipitação ao fazer uma acusação completamente descabida. Não tenho conhecimento de causa, nem testemunhei qualquer fato que envergonhe a Paraíba. Conheço o presidente da Câmara de Cajazeiras, ele é um homem público que até hoje tem agido de maneira respeitosa. Tenho certeza que jamais ele iria cometer um ato de tamanha irresponsabilidade”, destaca Aldemir.


O deputado confidenciou ainda que teve conversas com o vereador e que ele está juntando provas para se defender das denuncias feitas. E alegou também que a acusação é fruto de interesse político.


“Estou informado que a menor em depoimento ao promotor de justiça declarou de maneira incisiva que não teve qualquer ato com o vereador Marcos Barros, a denúncia é grave. Fazer uma acusação de tamanha gravidade é comprometer uma família, ele tem esposa e filhos, isso macula a história de qualquer cidadão. Essa história nasceu e tomou corpo por interesse político. O secretário Junior Araújo foi o mentor dessa montagem com interesse político para servir à Deus e ao Diabo”, explica.

 Foto do vereador Marcos Barros

Em entrevista a uma emissora de rádio, o vereador prometeu acionar o deputado Vitoriano de Abreu por calúnio e difamação. Vitoriano acusou o presidente do legislativo municipal em pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa, que é transmitida em tempo real pela TV Assembleia.

Com informações de Henrique Lima

PB Agora
 

Compartilhe