João Pessoa, 18 de December de 2017
Política
11/01/2017 as 12:06min - PB Agora
Cartaxo nega retirada de verbas e detona:

Conforto, comodidade e eficiência. Estas foram algumas das vantagens do BRT (Bus Rapid Transit), durante sua apresentação ainda em 2014 pelo prefeito reeleito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PSD).  Durante entrevista à imprensa, o presidente estadual do PT da Paraíba, Professor Charliton, acusou o prefeito de haver uma suposta negligência quanto à implantação de projetos de mobilidade urbana em João Pessoa, sobretudo no que diz respeito ao BRT. Em resposta Cartaxo disse que o líder petista estaria confundindo alhos com bugalhos.



A obra, que conta com recursos do Governo Federal, através do Ministério das Cidades, o PAC 2 – Grandes Cidades/Programa de Mobilidade, estava orçada em cerca de R$ 188 milhões e, segundo Luciano Cartaxo, vai revolucionar o conceito de mobilidade em João Pessoa.



“Primeiro, uma coisa não tem nada a ver com a outra. O ministério das Cidades não tratou de BRT, tratou de uma verba do PAC 50, que foi um projeto que a ex-presidente Dilma Roussef (PT) reuniu os prefeitos naquela crise do aumento das passagens, onde conseguimos apresentar projetos superiores a meio bilhão de reais, só que ela não conseguiu dar encaminhamento a essas ações. O projeto do BRT já foi apresentado ao Ministério das Cidades e aguarda somente a liberação dos recursos. Então o presidente do PT está confundindo alhos com bugalhos”, disse Cartaxo.



PB Agora

Compartilhe