João Pessoa, 13 de December de 2017
Política
07/08/2017 as 16:20min - PB Agora
Parlamentares que votaram a favor de Temer são vaiados na Paraíba

Os parlamentares que votaram a favor da permanência do presidente Michel Temer (PMDB), tem enfrentado resistência e vaias na Paraíba. No último final de semana, membros do Coletivo Espinho Branco, militantes da União da Juventude Rebelião (UJR), representantes do Movimento Luta de Classes (MLC) e demais cidadãos indignados com a presença do senador Cássio Cunha Lima (PSDB )e de seus correligionários na cidade de Patos, realizaram um protesto.

O senador Cássio estava na cidade acompanhado do prefeito Dinaldinho Wanderley (PSDB), e foi impedido de discursar na cidade. O  grupo de manifestantes se concentrou na Praça Getúlio Vargas, popularmente conhecida por Coreto I, e depois saíram em caminhada até o Café Centenário. Usando latas, cartazes e apitos, o pequeno grupo se manifestou de forma pacífica, mas bastante coesa. Com gritos de “Fora Golpista”, “Se empurrar o Temer cai”, “Cássio golpista”, “Golpistas, fascistas não passarão”, dentre outras, o grupo impediu o senador de participar do evento.

O deputado Romulo Gouveia também foi vaiado durante o show de Zé Ramalho, em Campina Grande. Assim que o locutor anunciou sua presença no Campestre Clube, um grupo de pessoas ensaiou uma vaia como forma de protestar contra o parlamentar que votou a favor de Temer.

Rômulo estava acompanhado da esposa e a vaia aconteceu no momento em que Zé começava a cantar “Pra não dizer que não falei das flores”, de Geraldo Vandré.

 

PB Agora

Compartilhe