Em pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Campina Grande, nesta quarta-feira (12), o vereador Olimpio Oliveira se manifestou contrário à proposta do Sindicato das Empresas de Passageiros de Campina Grande (Sitrans) que encaminhou um pedido à Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STTP) da cidade para que seja revista a tarifa de transporte coletivo, que atualmente é de R$ 3,30, a aumentando para R$ 3,72. Segundo Olimpio, numa época de crise econômica como essa que o País vive em que os trabalhadores não têm reajuste salarial, não é cabível um reajuste de R$ 0,42 na tarifa do transporte coletivo.

 

Para o parlamentar a justificativa do aumento do Sitrans de que o reajuste serviria para a recontratação dos cobradores de ônibus, não é plausível, tendo em vista que no tempo da demissão em massa desses trabalhadores não houve redução no preço da tarifa.

 

“Quando demitiram, não baixaram os preços das passagens. Se tivessem baixado quando demitiram tudo bem. Mas você demitiu, não diminuiu o preço da tarifa e agora para contratar de novo aqueles trabalhadores se propõe aumentar o preço da tarifa. Portanto a gente não pode ficar calado com isso. É o suor do trabalhador, e só sabe o peso desse aumento quem precisa do ônibus todo dia para ir ao trabalho ou estudar”, disse Olimpio. Veja o depoimento completo do parlamentar no link: https://youtu.be/v9Nyd9P9F8M

 

 

Redação com assessoria de comunicação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Já imaginaram se fosse na comitiva de Lula?”, diz dirigente do PT/PB sobre cocaína em avião da FAB

O presidente estadual do PT da Paraíba, Jackson Macêdo, voltou a alertar, nesta quarta-feira (26) sobre os dois pesos e as duas medidas que estão sendo adotados na política e…

2020: Julian cita nomes que pretende convidar para integrar o PSL e disputar a PMCG

O presidente estadual do PSL o deputado federal Julian Lemos quando questionado se sua sigla poderia lançar candidato a prefeito de Campina Grande em 2020, o parlamentar não hesitou e…