Ressabiado com as figuras carimbadas da política tradicional, o eleitorado do município de Bayeux, na Grande João Pessoa, dá sinais de estar se lixando para quem será, ou não, o próximo prefeito. Pelo menos até agora, a grande maioria não tá nem aí para o assunto. Também, convenhamos, ainda falta mais de um ano para o pleito.

Uma pesquisa feita pelo Datavox, em parceria com o PBAgora, mostra que 57% dos eleitores de Bayeux estão indecisos sobre o futuro político da cidade. É natural, por vários motivos: primeiro, o município vem de um bombardeio de decepções seguidas com seus homens públicos; segundo, ainda estamos no meio do mandato dos atuais prefeitos e, portanto, não há como saber quem serão os futuros candidatos; terceiro: essa tropa de agora, que está toda atolada na Justiça, poderá disputar? Etc etc etc…

Mesmo assim, uma parte do eleitorado já manifesta tendências por ilustres desconhecidos do cenário político fora dos limites de Bayeux. Segundo a pesquisa Datavox/PB agora, na margem de eleitores já se definindo, a maioria tente a votar num tal de Edson do Kipreço. Ele obteve 9,9% das intenções de voto, seguido do ex-prefeito Doutor Expedito – 7,7%.

Já na pesquisa espontânea, o atual prefeito Berg Lima ainda conquistou a terceira colocação, com 5,4% dos votos, seguido de kita, que obteve 3,5%. É muito ainda para um sujeito atolado até o gogó no mar de acusações de ser autor de crime eleitoral, corrupção etc.

Esse tal Berg era pra ter zero. Mas neste mundo tem gente pra tudo e ainda sobre mais de cem pra comer m…

 

Wellington Farias

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: João Azevêdo não encontrará “céu de brigadeiro” no segundo semestre do seu governo

O clima está calmo, o tempo também. Não se vê chuvas, nem se ouve trovoada no céu de brigadeiro do governador João Azevêdo (PSB). Ele taxiou bem, decolou ainda melhor,…

Ruy destaca eficiência em desempenho de colegas no 1º semestre no Congresso

Enquanto o deputado federal novato Julian Lemos, do PSL, evita fazer avaliação sobre o trabalho dos colegas no Congresso Nacional, sobretudo os da bancada da Paraíba, se atendo apenas a…