O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, lamentou nesta segunda-feira (11) a morte do jornalista Ricardo Boechat, que foi vítima de um acidente de helicóptero no final da manhã de hoje.

"O Brasil perde um grande jornalista, que em mais de 40 anos de carreira atuou nos principais jornais do Brasil e atualmente ancorava programas na rádio e na TV. Sempre com sua visão crítica, fez parte da rotina de milhões de pessoas diariamente. Em nome de todos os parlamentares e funcionários da Assembleia Legislativa da Paraíba, presto condolências aos familiares", destacou o parlamentar.

Carreira

Boechat iniciou sua carreira ainda na década de 1970, passando por jornais como “O Globo”, “O Estado de S. Paulo”, “Jornal do Brasil” e “O Dia”. 

Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo. Ele era o recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se – e o único a ganhar em três categorias diferentes (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV). 

Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Ele ainda lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA). Era casado e pai de cinco filhos.

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Agricultor acusa prefeito de Curral de Cima de tentativa de homicídio; veja B.O

Um caso inusitado ocorreu na última sexta-feira (12), quando o prefeito de Curral de Cima, Totó Ribeiro, foi acusado de agressão e de tentar estrangular um agricultor da zona rural…

Em Montevidéo, Veneziano toma posse no Parlasul

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) tomou posse nesta segunda-feira (15) como membro do Parlasul – o Parlamento do Mercosul, que reúne parlamentares – Senadores e Deputados – de…