João Pessoa, 26 de Março de 2019
Política
12/03/2019 as 18:00min - PB Agora
Clãs Cunha Lima e Vital do Rêgo se preparam para a disputa pela PMCG, em 2020

Mesmo com as eleições municipais de 2020, ainda distantes no âmbito do calendário eleitoral, o calendário político está a todo vapor na Rainha da Borborema, onde nomes tanto da situação como da oposição são temas constantes dos bastidores políticos na cidade. Ontem a a secretária estadual de Desenvolvimento e Articulação Municipal, Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos), afirmou estar à disposição pela oposição, bem como o deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB), pela situação.

 

Ana Cláudia foi recentemente citada pelo presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba como um dos três nomes possíveis para disputar a prefeitura de Campina Grande pelo grupo de oposição em 2020.

 

Ana Cláudia, porém, ponderou que faz parte de um projeto político e que a decisão do grupo é que deve prevalecer, quando da escolha do nome que representará a oposição em Campina. “Quando se faz parte de um projeto político, não é apenas a vontade pessoal [que prevalece] é a vontade de um grupo. Integro um grupo que tem metas. Mas, nós estamos sempre com nosso nome à disposição para agregar perante qualquer projeto e desafio que nos for posto “, destacou.

 

Ela disse que no momento seu foco é trabalhar em prol de todo o Estado, ressaltando o foco na realização da Feira de Negócios e Empreendedorismo da Paraíba, bem como no trabalho com gestores municipais quanto ao tratamento de resíduos sólidos e disse que não tem problema se outro nome for colocado a disposição das oposições. “O importante é que temos nomes para apresentar. Nomes de pessoas que têm compromisso e projeto pela Paraíba e por Campina Grande”, disse.

 

A secretária ainda criticou a atual administração do prefeito Romero Rodrigues (PSDB) em Campina Grande, afirmando que o gestor não tem nenhuma obra estruturante na cidade, o que torna importante um candidato do grupo socialista para disputar a prefeitura nas próximas eleições. “Não temos em Campina obras estruturantes. Não temos em Campina ações voltadas para os servidores públicos, nem aplicação do Plano de Cargos e Carreiras, não temos em Campina obras edificantes. A gestão atual vive apenas do Aluízio Campos, sendo que concretamente nem uma casa sequer foi entregue”, disse.

 

 

Já pela situação Tovar Correia Lima (PSDB), disse que a inclusão do seu nome deve ser vista com naturalidade. “Eu acho absolutamente natural estarmos nesta discussão, incluídos nesse rol de nomes que podem disputar o ano que vem”, disse, destacando porém que seu nome não é o único com esta intenção no partido. Citou o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) e o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB). A disputa, entretanto não significa racha. “É bom que fique claro que disputará as eleições pelo nosso grupo quem for escolhido. Não teremos querelas, nem desavenças. O importante é a nossa união, o importante é nós estarmos juntos”, pontou.

 

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Compartilhe