Na mesma semana em que é retratado um suposto distanciamento entre o deptuado federal Julian Lemos (PSL) e o presidente Jair Bolsonaro, também do PSL, o  parlamentar paraibano deu uma declaração na imprensa que coloca o ex-ministro-geral da Presidência, Gustavo Bebianno, exonerado pelo próprio presidente Bolsonaro, após o escândalo que envolveu candidatos “laranja” na sigla como “o homem mais correto que ele já conheceu".

De acordo com Lemos, a exoneração de Bebianno nada teve a ver com candidaturas “laranjas”, havendo seu afastamento do governo tão somente por razões de foro íntimo do próprio presidente.

"Não teve laranja que derrubou o ministro. Eu posso até dizer que a decisão partiu do foro intimo do presidente Bolsonaro, não teve nada com laranjal, não foi provado", explicou.

Instado a explicar sobre Bebianno ter sido alvo de denúncias em casos dessas candidaturas “laranja”, Julian Lemos foi categórico.

"A “denúncia é infundada, são denúncias infundadas. Qualquer pessoa pode fazer uma denúncia. Já escutei aqui jornalista da Paraíba receber denúncia, Isso faz parte da intrigas da mídia. Bebianno é o homem mais correto que eu já conheci”, avalizou.

Essa semana a imprensa deu destaque a ausência de fotos de Julian – eleito o parlamentat mais assíduo nas redes sociais – ao lado do presidente Jair Bolsonaro. 

A última imagem dos dois juntos a que se tem notícia é uma de 08 de janeiro desse ano onde os dois conversam separados por uma enorme mesa.

PB Agora

 

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian reforça crítica a Bolsonaro por apoiar ato contra Congresso

Após criticar o ato convocado pelo presidente Jair Bolsonaro, previsto para o dia 15 de março, onde o presidente defende o fechamento do Congresso, o deputado estadual paraibano Julian Lemos…

Mesmo após fim de pensão, ex-governadores da PB continuam a receber

Em 2018, o Supremo Tribunal Federal (STF) decretou, em julgamento ocorrido, o fim do pagamento de pensões a ex-governadores e viúvas de ex-governadores da Paraíba. O benefício havia sido aprovado…