João Pessoa, 12 de Dezembro de 2018
Saúde
27/11/2018 as 06:11min - PB Agora
Cinco médios selecionados pelo 'Mais Médicos' já estão trabalhando na PB

Cinco profissionais selecionados pelo novo edital do Programa Mais Médicos já estão trabalhando na Paraíba, após a saída de médicos cubanos, segundo divulgou o Ministério da Saúde, ontem (26).

Segundo a lista do Ministério da Saúde, os médicos já foram efetivados nas cidades de Cabedelo, Picuí, São José de Princesa e Sumé, e no Distrito Sanitário Especial Indígena Potiguara, que abrange aldeias nos municípios de Baía da Traição, Marcação e Rio Tinto.

De acordo com a pasta, 224 médicos já estão trabalhando em todo o país. Ainda não há a informação se todos os profissionais são brasileiros, mas todos eles têm registro CRM ou passaram por aprovação do Revalida.

No domingo (25), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que as 128 vagas nas 79 cidades da Paraíba para o programa Mais Médicos já foram preenchidas.

Em todo o país, ainda nesta segunda-feira, o Ministério da Saúde havia anunciado que 97,2% das vagas foram preenchidas. Até as 12h desta segunda, 8.278 profissionais se cadastraram e estavam alocados para atuação imediata. Eles têm até 14 de dezembro para se apresentarem no município escolhido e entregar todos os documentos exigidos no edital.

O salário é de R$ 11.800. Podem se candidatar às vagas os médicos brasileiros com CRM brasileiro ou com diploma revalidado.

 

CRM- A Paraíba é o quarto Estado do país com o maior crescimento de médicos nos últimos cinco anos. O número de registros no Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) passou de 6.529 em 2013 para 8.741 em 2018, um crescimento de 34,08%. De acordo com levantamento realizado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), a Paraíba fica atrás apenas de Rondônia (48,41%), Tocantins (46,85%) e Piauí (37,35%). A análise do CFM foi realizada a partir de suas bases cadastrais, no período compreendido entre 2013 e 2018.

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Compartilhe