João Pessoa, 12 de Dezembro de 2018
Saúde
29/11/2018 as 09:34min - PB Agora
Campanha tenta custear os R$19 mil gastos por mês com descartáveis no Hospital Laureano

Por observar a necessidade de utensílios descartáveis do Hospital Napoleão Laureano, um grupo de amigos do Centro Espírita Leopoldo Cirne lançou uma campanha ‘A Solidariedade não é Descartável’ para amenizar os gastos na área hospitalar que atende em média 170 leitos de pacientes que estão em tratamento oncológico. O Hospital Napoleão Laureano gasta em média R$ 19 mil por mês com descartáveis.

 

A idealizadora da campanha Doraci realizou tratamento recentemente no Hospital Napoleão Laureano e observou que a instituição gastava uma quantidade considerável de descartáveis. “Tive uma microcalcificação no seio direito. Durante o tratamento observei que gastavam muito descartáveis, então, tivemos a ideia de arrecadar com os amigos e familiares. O intuito é despertar uma conscientização nas pessoas para que a prática do bem não seja feita apenas em épocas comemorativas”, disse.

 

A nutricionista de produção Danuta Arnaud explica que a instituição filantrópica disponibiliza seis refeições diárias para cada paciente do leito, além da refeição do acompanhante. “Gastamos em média 15.700 utensílios descartáveis por semana distribuídos entre copos, colheres, tampas, sopeiras, bandeja, guardanapo e pote de sobremesa. Quando vai chegando o final do mês e o estoque fica reduzido pedimos para o acompanhante reaproveitar em uma refeição o descartável. Entre os funcionários, a direção fez uma campanha de conscientização com garrafas e canecas para reduzir o custo no hospital”, explicou.

 

Esse é o primeiro ano da realização da campanha e a iniciativa está ganhando força nas redes sociais. Os organizadores Tânia Rodrigues, Doraci Tavares e Renato lima estão arrecadando copos descartáveis ( 50 ml, 180 ml e 250 ml); Marmitex ( isopor N° 8), colheres para refeições e guardanapos.

 

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Compartilhe