João Pessoa, 20 de Maio de 2019
Cultura
01/03/2019 as 17:45min - PB Agora
Hoje: foliões comentam experiências já vividas no bloco ‘Cafuçu’

Os cafuçus vão invadir a área central de João Pessoa com o desfile do bloco mais 'elegante' do pré-carnaval, que chega a sua 30ª edição. Hoje é dia de colocar aquela roupa extravagante e com combinações fora das tendências da moda, com muito brilho e cores e sair para a avenida. Além disso, uma dica importante é ousar nos acessórios (pentes, desodorantes, arranjos no cabelo…) e ainda levar para forrar a barriga uma marmita com “frango na farofa” que é típica de todo cafuçu.

 

Quem nunca exagerou no look ou mesmo no comportamento que atire a primeira pedra. E se você se encaixa nessa descrição, preste atenção que a concentração acontece em três polos (Praça Ponto de Cem Reis, Praça do Bispo e Praça Rio Branco) a partir das 20h. Sete orquestras de frevo comandam o desfile até a Praça Antenor Navarro, no bairro do Varadouro. Antes disso, a animação ficará com a apresentação de DJs e de banda com ritmos autênticos do brega.

 

A nutricionista Andréa Lúcia da Silva Vieira, 54 anos, desfila no bloco há tanto tempo que já perdeu as contas. Todos os anos, ela também participa do baile que elege o rei e a rainha do bloco. “Antigamente tinha roupa que eu vestia que era do estilo Sidney Magal – um tubinho bem justinho com aquela manga bem fofa. E daí comecei a ir várias vezes.

 

Os amigos até comentavam que eu era uma 'cafuceta chique'. É um bloco que eu gosto demais. E o detalhe e que às vezes passo a noite acordada ajeitando a roupa porque nos dias de hoje a gente trabalha duas vezes, em casa e no trabalho, e como eu não tinha tempo, passava a noite acordada para deixar tudo pronto para o desfile”, comentou.

 

Com a experiência de vários anos indo ao desfile, a nutricionista revelou dicas de como se produzir para o desfile. “O bom é pegar as roupas que você usava nos anos 70, 80 porque tem muita coisa que você pode aproveitar. Tem algumas peças que eu compro, mas a maioria é que eu já tenho em casa. É fazer aquelas combinações que ficam 'bem chiques', combinações impróprias que no final dá tudo certo. Você tem roupa em casa que não veste há um bom tempo e daí você vai colocando uma coisa, outra coisa, quando você vai ver virou um cafuçu”, contou, destacando que gosta dos demais blocos de arrasto da prévia carnavalesca da Capital, mas tem um carinho especial pelo Cafuçu, por conta da irreverência e da alegria extravagante.

 

Nos 30 anos do Cafuçu, o bloco sairá pelas praças e ruas do Centro Histórico repleto de cafuçus e cafucetas com destino a Praça Antenor Navarro, no Varadouro. Homenagem. Para colorir os céus da Capital, Adalice Costa, a musa inspiradora do bloco, será a homenageada deste ano. Ela foi atriz, funcionária pública, sindicalista, militante, figura de humor contagiante e muito querida por todas as pessoas que tiveram o privilégio da sua convivência. De acordo com a organização do Cafuçu, Adalice deu o tom do bloco que jamais esquecerá sua história.

 

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Compartilhe