João Pessoa, 18 de Dezembro de 2018
Economia
04/12/2018 as 09:09min - PB Agora
Mutirão de Renegociação deve atender mais de 3 mil pessoas na Paraíba

Mais de 3 mil consumidores que estão com os nomes "sujos" no SPC/Serasa deverão negociar suas dívidas através do 3º Mutirão de Renegociação dos superendividados com descontos que podem chegar a 90%. O evento é promovido pela Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor da Paraíba (Procon-PB), e segundo a superintendente do órgão, Késsia Liliana, a novidade neste mutirão é que o consumidor de qualquer município do estado também poderá participar do mutirão negociando sua dívida pela internet.

 

"O consumidor de qualquer município da Paraíba vai poder participar através da plataforma 'consumidor.gov. br' para fazer sua negociação. Ele vai fazer o registro de sua demanda colocando 'renegociar dívidas', para poder participar do mutirão fazendo acordo em condições diferenciadas. Em João Pessoa, as negociações se estenderão até a próxima sexta-feira, com as fichas para atendimento sendo distribuídas das 8h às 14h", informou Késsia, complementando que os bancos participarão do mutirão de forma presencial e virtual.

 

O objetivo do mutirão é conceder descontos para os inadimplentes. O evento é realizado em parceria com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), empresas de serviços essenciais como Energisa e Cagepa; de telefonia, como Oi, Vivo, Claro e Tim; escolas particulares, em uma parceria com o Sintep; órgãos de Serviço de Proteção ao Crédito e empresas de TV por assinatura.

 

O foco é no consumidor que quer aproveitar o 13º salário para ficar em dia com as contas em atraso. A superintendente do Procon-PB avaliou o bom desempenho dos dois mutirões de renegociação de dívidas realizados este ano e viu o quanto os consumidores reagiram ao chamamento para quitarem suas dívidas e o quanto ainda se tem a fazer nesse sentido. Késsia afirmou que aproveita para realizar mais um mutirão neste mês, porque esse é o período em que o consumidor recebe o 13º salário para facilitar a renegociação.

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Compartilhe