Os brasileiros presentearam mais neste Natal, segundo dados divulgados hoje(26) pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O crescimento de 2,66%, na comparação com o ano anterior, é o melhor desempenho desde 2014.

A pesquisa levou em consideração as consultas para vendas a prazo entre os dias 4 e 24 de dezembro deste ano, período mais lucrativo do ano para o varejo. No ano passado, foi registrada alta de 2,13%. Nos anos anteriores, houve uma sequência de quedas: -2,29% (2016), -4,16% (2015) e -8,3% (2014).

O gasto médio do brasileiro com os presentes de Natal foi estimado em R$ 115,9. A previsão é de que a data tenha movimentado R$ 53,5 bilhões na economia.

Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, os números refletem o clima de otimismo quanto aos rumos do país, somado à retomada da confiança do consumidor e à expectativa de melhora da economia.

Agência Brasil

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Prévia da inflação é de 0,06%, menor taxa para o mês em 13 anos

A prévia da inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), ficou em 0,06% em junho. A taxa é inferior ao 0,35% de maio e…

Servidores do governo da PB têm uma semana para atualizar dados cadastrais

Os servidores do Estado da Paraíba têm uma semana para atualizar dados e receber salário de agosto. A atualização do cadastro é parte do conteúdo de uma portaria assinada pela…