João Pessoa, 22 de Março de 2019
Economia
28/12/2018 as 15:01min - PB Agora
Comerciantes de João Pessoa pretendem liquidar estoque no início do ano novo

O ano ainda não acabou, mas os lojistas e gerentes de vendas do comércio de João Pessoa já estão apostando nas vendas de saldo de estoque que acontecem a partir do dia 2 de janeiro de 2019. São as chamadas tradicionais promoções que ocorrem em janeiro, segundo os lojistas com preços mais baixos que os praticados no mês de dezembro. Apesar das promessas 'milagrosas', os consumidores têm opiniões divididas quanto aos preços, alguns acham que janeiro é o mês certo para comprar, mas há quem diga que essas promoções são fake news.

 

Os Procons recomendam cautela para evitar a aquisição de itens desnecessários e não estourar os cartões de crédito depois das compras do Natal e também para que as pessoas não comprem produtos por impulso. A assessoria jurídica dos órgãos de defesa do consumidor alerta que o ano novo começa sempre com novos compromissos, a exemplo do IPTU, IPVA, matrícula dos filhos no colégio e compra de livros, além das férias.

 

Por conta desses compromissos, sair às compras, seduzido por atraentes ofertas, sem pensar no que vem para pagar no início do ano novo, não é um bom negócio. Antes de verificar as ofertas do comércio, é bom avaliar se realmente há necessidade de adquirir qualquer produto, orienta os dirigentes dos procons.

 

Antes de comprar, é importante verificar as ofertas e se há necessidade de comprar o produto que está sendo vendido com preço mais baixo. O Código de Defesa do Consumidor (CDC) determina que o fornecedor é obrigado a cumprir toda oferta que está na cartela de publicidade da loja.

 

O gerente de vendas de uma loja de calçados do Centro da capital, Ronaldo Fausto de Araújo, afirmou que praticamente todo o comércio aposta nas vendas de saldo de estoque do mês de janeiro. "Nós temos uma variedade muito grande de produtos que entram em liquidações e janeiro é o melhor mês para vendermos ao público que prefere ir às compras após a correria das compras de Natal e fim de ano. Garantimos preços mais baixos do que os praticados neste mês de dezembro. O objetivo é zerar o estoque, e o mês de janeiro é sempre o mais esperançoso para grandes vendas", disse Ronaldo Araújo.

 

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Compartilhe