João Pessoa, 24 de Maio de 2019
Economia
14/02/2019 as 09:29min - PB Agora
Estudantes programam novo protesto contra aumento de passagem em CG e Câmara Municipal realiza audiência para debater reajuste

Os estudantes de Campina Grande estão programando mais um protesto contra o aumento da passagem de ônibus na cidade. Desde último dia 28 de janeiro, a tarifa dos transportes públicos, em Campina Grande, que custava R$ 3,30, passou para R$ 3,60 para quem paga com cartão de bilhetagem eletrônica e R$ 3,70 para quem faz o pagamento em dinheiro na catraca. Muitos usuários do sistema público na cidade em reclamado do valor alto da passagem, da demora nos pontos de ônibus e na qualidade do serviço que deixa a desejar.

 

Na semana passada os usuários, organizados por estudantes, realizaram um protestado dentro do Terminal de Integração e ainda estão colhendo assinaturas em um abaixo-assinado.

Desta vez, os manifestantes também foram às ruas, congestionando o trânsito em algumas localidades. No início, o movimento intitulado “No Terminal de Integração Ninguém Mexe” esperava obter o número de mil assinaturas e já estão com mais de seis mil. Agora a meta é conseguir dez mil assinaturas para entrar com uma ação na justiça contra o aumento da passagem e também contra a Integração Temporal.

 

De acordo com os participantes, a uma nova ação estão sendo programada porque a proposta inicial do município seria implementar o sistema de Cartão Temporal, para evitar um aumento no valor da passagem de ônibus na cidade, no entanto, .a tarifa de ônibus em Campina Grande, subiu de forma “absurda”.

 

Já no que diz respeito ao Sistema de Cartão Temporal, implementado no último dia 12, permitindo ao passageiro, em qualquer ponto da cidade, pegar um segundo ônibus sem pagar a mais por isso, em um intervalo de uma hora, os manifestantes alegam que o tempo estipulado é insuficiente e não atende às necessidades dos usuários.

 

A perspectiva é que no novo protesto, os estudantes interditem a entrada do terminal, o que proíbam a passagem dos coletivos no local, por cerca de uma hora e meia.

 

Diante da insatisfação da população, a Câmara Municipal de Campina Grande, vai realizar uma audiência pública para discutir o reajuste da tarifa de ônibus. O pedido foi feito pela vereadora Pâmela Vital do Rêgo (MDB).

 

A data deverá ser definida nos próximos dias. Para a vereadora, a audiência é uma oportunidade de interação entre representantes da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), do Conselho Municipal de Transporte Público e da sociedade civil.

 

O objetivo é fazer com que a discussão possa gerar mais transparência sobre as ações governamentais.

 

“Não é nada mais do que isso: é a transparência pública que a Casa do povo tem que ter com o povo”, destacou.

SL

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Compartilhe