João Pessoa, 20 de Maio de 2019
Economia
06/03/2019 as 18:20min - PB Agora
Presidente da PBTur faz avaliação positiva do carnaval paraibano e diz que estado oferece atrativos para todos os perfis

A presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, comemorou os bons índices de ocupação na rede hoteleira de João Pessoa no período momesco. Segundo dados apresentados pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-PB), o percentual chegou a 91,5%. Em números gerais, mais de nove mil pessoas ficaram hospedadas nos leitos cadastrados na Capital.

Há nove anos à frente da pasta, Ruth Avelino observou que João Pessoa tem características próprias enquanto excelente destino turístico, ressaltando suas belezas naturais, tranquilidade,  traçado urbanístico moderno, casario histórico, povo hospitaleiro, além de uma rede hoteleira que cresce a cada ano.

“Já faz uns anos que a rede hoteleira de João Pessoa vem ficando lotada durante o carnaval. O ano passado não foi tão bom em função da crise econômica, mas já houve uma recuperação. E quem vem para João Pessoa busca a paz e o sossego. Então, estávamos com os hotéis lotados, com pessoas do Rio de Janeiro, gente da Bahia, de São Paulo, que é nosso principal emissor de turistas. E quem vem pra cá quer paz, tranquilidade e praia. Infelizmente choveu um pouquinho, mas isso não atrapalhou”, ressaltou a presidente da PBTur.

 

Litoral Norte e Sul

Ruth Avelino, além de emitir comentários positivos sobre a ocupação hoteleira em João Pessoa, destacou o sucesso do carnaval no litoral Norte e Sul da Paraíba, citando Baía da Traição, Jacumã e Lucena. “Já são tradicionais. E aí é um público que gosta da folia”.

 

Campina Grande e interior

Nas suas considerações, Ruth Avelino frisou municípios que possuem  rede hoteleira, como é o caso de algumas cidades do Brejo, a exemplo de Bananeiras e Areia, cuja taxa de ocupação nos hotéis foi alta. A presidente da PBTur também informou que Campina Grande, por realizar eventos religiosos e espiritualistas no período de Carnaval, é um exemplo de êxito turístico.

Mais à frente Ruth soltou uma informação interessante: o número de turistas e visitantes à Rainha da Borborema nesta época do ano já é igual ao índice atingido nos festejos juninos, quando a cidade recebe pessoas de todo o Brasil e de outros países para curtir o “Maior São João do Mundo”.

 

Turismo para todos os perfis

A presidente da PBTur se mostrou confiante em relação ao futuro do turismo na Paraíba, ao explicar que o estado e seus atrativos são “vendidos” em feiras voltadas ao setor, seja no Brasil ou no exterior, como na divulgação espontânea da mídia em relação aos diferenciais paraibanos.

“O turista se quiser vir à Paraíba e desejar folia ele tem, se ele quer descanso ele tem, se ele quiser belas praias ele tem, se ele quiser frio, no Brejo ele tem, se ele quiser participar de retiros espirituais ele tem. Então o que a gente ‘vende’ é isso. Um carnaval eclético para todos os perfis”, destacou.

 

 Turismo sem cor partidária

 

Ruth Avelino observou que o ex-governador Ricardo Coutinho sempre entendeu que o turismo nunca foi anexado às questões políticas e partidárias, havendo o mesmo pensamento na atual gestão estadual. Dessa forma, prefeituras e Estado desenvolvem trabalhos em conjunto para acentuar a vinda de turistas à Paraíba.

“ Esses oito anos que eu passei com Ricardo Coutinho, ele como governador, trabalhamos com as prefeituras que eram adversárias dele, como Campina Grande e outras cidades, e ele nunca interferiu. Pelo contrário. Acha bacana, e tem que ser assim. E isso vai continuar. Pois a gente é pago pelo povo para trabalhar para todos. Nós somos servidores públicos, então estamos aqui para trabalharmos com todos. Muitos querem, outros (prefeitos) não, então eu aceito, mas o ideal é que sempre trabalhemos juntos, unidos e pensando no bem comum”, considerou.

 

Eliabe Castor

PB Agora  

 

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Compartilhe