A crise da Avianca, que está em processo de recuperação judicial, escancarou um problema recorrente na aviação brasileira: a concentração. Duas empresas dominam esse mercado: Gol e Latam. Como a situação da Avianca ficou mais crítica em abril, quando a companhia começou a cancelar uma série de voos por conta da devolução de aviões, o consumidor já está sentindo no bolso o impacto da redução da oferta de aviões pelo país. Vendo essa realidade o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Gustavo Feliciano, disse que esteve nesta semana por dois dias ee reuniões com executivos das companhias aéreas Latam, Azul e Gol, em São Paulo. Na oportunidade, foram discutidos formas das empresas ampliarem o número de voos para João Pessoa.

 

As promoções não acontecem como antes no momento atual, na contramão de um período considerado de “baixa temporada” para o setor. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que as passagens não param de subir. Conforme dados da prévia do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), os bilhetes tiveram alta média de 5,54%, entre março e abril e, no mês anterior, de 7,54%. Contudo, dependendo da rota que o consumidor for comprar, a diferença entre os preços de hoje e os de há um ano podem ser muito maiores, superando 140%, admitem fontes do setor. Na contramão, os dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) estão desatualizados e não mostram essa discrepância recente que prejudica o consumidor. A pesquisa mais recente é do último trimestre de 2018.

 

Segundo Gustavo, o Governo do Estado dispõe do Programa Aeroportuário de Incremento ao Turismo e ao Desenvolvimento Econômico da Paraíba (Aerotur-PB), que permite a redução do ICMS que incide sobre o combustível de aviação de 12% para até 3%, de acordo com a negociação a ser fechada. O decreto foi publicado no Diário Oficial em maio do ano passado, sancionado pelo então governador Ricardo Coutinho.

 

O advogado Ademir Pereira Junior, sócio da Advocacia José Del Chiaro, especialista em direito concorrencial, destacou que há uma evidência clara de redução na competição com a crise da Avianca. “De fato, uma diminuição importante da concorrência sempre impacta o preço, ainda mais quando o mercado é concentrado, com poucos competidores, como a da aviação”, afirmou.

 

 

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Servidores do governo da PB têm uma semana para atualizar dados cadastrais

Os servidores do Estado da Paraíba têm uma semana para atualizar dados e receber salário de agosto. A atualização do cadastro é parte do conteúdo de uma portaria assinada pela…

Ninguém acertou a Quina de São João e prêmio é dividido com quem acertou a Quadra

Ninguém acertou as cinco dezenas da Quina, sorteadas na noite desta segunda-feira de São João em Campina Grande. O prêmio não acumulou e foi dividido entre 1.577 que acertaram quatro…