João Pessoa, 21 de Fevereiro de 2018
Esportes
03/09/2017 as 18:00min - PB Agora
César supera desconfiança e vive dia de herói

 O goleiro César teve o seu dia de herói e garantiu o Londrina na final da Primeira Liga. Após o empate por 2 a 2 no tempo normal, ele pegou três das quatro cobranças do Cruzeiro na decisão dos pênaltis. Contestado em alguns momentos na temporada, o jogador de 22 anos ainda custava a acreditar depois da partida. Confira os demais jogos no link abaixo.


– Ainda não caiu a ficha. Parece um sonho, parece que vou acordar qualquer hora e vir para o jogo – disse. César não teve culpa nos gols marcados pelo Cruzeiro no tempo regulamentar. Ele teve participação fundamental aos 42 minutos do segundo tempo. Em contra-ataque, quando o jogo estava 2 a 1 para os mineiros, o goleiro fez grande defesa em chute de Alex e evitou o que poderia ser o gol da eliminação do Tubarão.


Com o gol marcado por Germano, de pênalti, aos 50 minutos do segundo tempo, a decisão da vaga foi para a marca penal. César acertou o canto nas quatro cobranças do Cruzeiro: pegou três e não alcançou apenas a de Bryan. Méritos divididos com a comissão técnica e com a torcida.


– Eu estava olhando (antes das cobranças) para a torcida. Ela veio em peso e foi crucial na nossa classificação. Eu estava concentrado com o analista de desempenho, a gente observou as cobranças de pênalti dos batedores. Fui muito feliz em optar pelos cantos certos – comentou.

 

Confira os demais jogos no link abaixo:

esporte.uol.com.br/futebol/central-de-jogos/resultados/


Redação com Uol Esportes

Compartilhe