Usando de um termo popularmente atribuído as torcidas, o técnico do Nacional de Patos Delany, culpou a atuação do árbitro Marcelo Aparecido, na primeira semifinal entre Nacional e Botafogo, na última quarta-feira em Patos, pela derrota do time sertanejo.

 

Em entrevista à imprensa radiofônica do Sertão após a derrota contra o Botafogo, Delany disse que o arbitro estava mal-intencionado, e que o time da capital podia vencer sem essa ‘ajudinha’ da arbitragem.

 

 “Todo mundo viu pela TV. Beringueta apenas matou o lance, sem nenhuma violência, e tinham outros jogadores próximos. Ele expulsou o atleta quando nós éramos melhores em campo e vencíamos por 1 a 0. Se o Belo voltasse a ficar em desvantagem no placar, ele era capaz de dar um pênalti contra a gente. Isso é uma vergonha, e eu disse isso a ele próprio”, disse Delany a imprensa do Sertão.

 

 

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

CBF faz modificação no horário da partida entre Sampaio Corrêa e Treze

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) mudou o horário do confronto entre Sampaio Corrêa e Treze, jogo válido pela 15ª rodada da primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro…

MP, FPF e clubes definem nesta 5ª a sequência dos campeonatos

Na última terça-feira (16), o Ministério Público da Paraíba (MPPB), através do procurador de Justiça Valberto Lira, emitiu uma recomendação para a suspensão da rodada dos dias 17 e 21…