João Pessoa, 18 de Fevereiro de 2019
Mundo
02/02/2019 as 09:57min - PB Agora
Oposição e chavistas fazem novas manifestações hoje

 

Novas manifestações contra e a favor de Nicolás Maduro foram convocadas para este sábado (2) na Venezuela.

 

O presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, que se declarou presidente interino do país, mais uma vez irá liderar os protestos contra o presidente, a exemplo do que aconteceu na última quarta-feira.

 

Na sexta, ele publicou em seu perfil no Twitter uma convocação para a manifestação, dizendo que, “com o apoio da comunidade internacional amanhã # 2Feb saímos unidos à rua. Continuamos avançando na rota que definimos”.

 

Henrique Capriles, que disputou duas eleições presidenciais contra Maduro e foi proibido de disputar cargos políticos por 15 anos, também publicou uma chamada aos atos deste sábado.

 

“Neste 2 de fevereiro Venezuela vai às ruas! Agradecer ao apoio mundial pela nossa luta pelo fim da usurpação, por um governo de transição e por eleições livres e em apoio à nossa legítima Assembleia e ao presidente @jguaido. Que ecoe a voz dos venezuelanos!”, escreveu.

 

Mais uma vez, Guaidó deve tentar convencer os militares a aderirem à oposição. No dia 15 de janeiro, a Assembleia Nacional aprovou uma anistia para militares e funcionários do governo que deixarem de cumprir ordens de Maduro e apoiarem o novo governo.

 

As Forças Armadas Bolivarianas, porém, continuam afirmando “lealdade absoluta” ao presidente eleito, segundo o ministro da Defesa, Vladimir Padrino. Na sexta, Maduro e Padrino assistiram a exercícios militares da Guarda Nacional, em Caracas.

 

Após praticamente um ano sem grandes protestos, os venezuelanos voltaram às ruas em 23 de janeiro para se manifestar contra o presidente Nicolás Maduro.

Foi ao final desse ato que Guaidó se declarou presidente interino do país, sendo reconhecido por diversos países – inclusive o Brasil. Maduro, entretanto, reagiu, e negou que irá deixar o poder.

 

G1

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Compartilhe