O empresário Roberto Santiago, dono do Manaíra Shopping, que teve sua casa como alvo da Operação Xeque-Mate, deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta terça-feira (03), emitiu nota onde se exime de qualquer participação nas fraudes que culminaram na prisão do prefeito de Cabedelo, Leto Viana, de vereadores e o afastamento do vice-prefeito e servidores públicos do município.

A nota declara ainda que o empresário não tem relação administrativa nem com a Prefeitura nem com a Câmara Municipal  e está colaborando com as investigações.

Confira:

Construí minha vida tendo como signo o trabalho honesto e estou profundamente surpreso com a operação ocorrida hoje. Tendo a plena convicção de que não cometi nenhum ato ilícito.

Não tenho qualquer relação administrativa ou funcional com os poderes Executivo e Legislativo de Cabedelo e estou, como sempre estive, colaborando e a disposição da Justiça e das instituições.

João Pessoa 03 de abril de 2018

Roberto Santiago

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

JP: Cartaxo decreta luto oficial em memória das vítimas da Covid-19

Com 101 vítimas por Covid-19 em João Pessoa, o prefeito Luciano Cartaxo decretou, nesta quinta-feira (28), luto oficial por três dias em memória daqueles que perderam a vida para o…

Novo decreto: Romero fecha bancos e interdita ruas e avenidas do Centro durante “feriadão”

Prefeito permite abertura de laboratórios de análises clínicas e restringe horários para supermercados, mercadinhos, padarias, lojas de conveniências e congêneres O prefeito Romero Rodrigues assinou um novo decreto, na tarde…