Nesta quinta-feira (06), o Diário Oficial dos Municípios do Estado trouxe a exoneração dos ocupantes de cargos comissionados e a rescisão de todos os contratos. A justificativa do prefeito João Bosco Nonato Fernandes seria a necessidade de pagar os salários dos servidores públicos e reduzir os gastos.  A medida tem tempo indeterminado.

Os únicos comissionados que não foram exonerados foram os secretários, tesoureiros da Prefeitura e da Fundação Municipal de Saúde, além de coordenadores, diretores e administradores municipais.

Os únicos contratos da Prefeitura que permanecem são os vinculados aos Centros de Referência de Assistência Social (CREAS e CRAS),  ao projeto Criança Feliz, à Estratégia Saúde da Família  e servidores vinculados ao serviço, Estratégia Saúde Bucal da Família, Estratégia Agentes Comunitários de Saúde e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Advogado se nega a obedecer CTB e é conduzido para PF por infração penal

Um advogado foi autuado ontem, quinta-feira (18), nos termos do artigo 329 do Código Penal, após se negar a cumprir determinação de um agente da Polícia Rodoviária Federal, na Paraíba,…

João Pessoa sedia evento de inovação e empreendedorismo

Start Now, Inovação e empreendedorismo, em evento inédito na Paraíba João Pessoa será sede de um dos maiores eventos de inovação e empreendedorismo do Brasil, o Start Now. Quinze facilitadores…