O Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba instaurou inquérito para investigar supostas irregularidades na venda de combustíveis pelo Carrefour. De acordo com o órgão, a representação da conta de possível prática de dumping pela empresa.

O dumping se configura quando uma empresa faz uso da prática de vender produtos ou serviços com preços extraordinariamente abaixo do valor praticado pelo mercado. Segundo o MPF, o Carrefour estaria comercializando combustíveis por preço inferior do de mercado.

O procurador da República Werton Magalhães Costa informou que foram solicitadas informações à empresa, no entanto, até o fim do prazo estabelecido, o Carrefour não se manifestou.

Desta forma, o procurador entendeu que existe a necessidade de apuração mais detalhada da eventual prática ilícita.

OUTRO LADO

Na tarde desta terça-feira (26), a assessoria enviou uma nota com o posicionamento sobre o caso. Leia abaixo

Nota à imprensa

A empresa informa que se manifesta nos autos do processo e reforça que opera sempre em linha com a legislação vigente, respeitando a livre concorrência de mercado.

PB Agora

 

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Impasse entre Moradores da Vila Nassau x Sedurb: PMJP diz que agiu dentro da lei

Mais um capítulo da novela que envolve a Prefeitura Municipal de João Pessoa e os moradores da Vila Nassau, no Porto do Capim em João Pessoa foi registrado na manhã…

MP cobra da PMJP política pública para os moradores próximo às Três Lagoas

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) instaurou inquérito civil público para acompanhar a situação de emergência dos moradores da Comunidade Três Lagoas, no bairro Jardim Veneza, em João Pessoa, atingidos…