Reeleito deputado estadual, o professor Jeová Campos, do PSB, colocou de volta à pauta política a campanha pela unificação das eleições no país, desde vereadores a presidência da República. Segundo ele, deixando mais tempo para governar em vez de ter uma eleição atrás da outra, o país poderia produzir e render muito mais.

“Nós precisamos ter tempo para discutir a política, um projeto após uma eleição. Nós não temos tempo para desarmar o palanque e no meu caso quero ter tempo de andar com meus colegas, a exemplo da deputada Paula, para discutir os programas importantíssimos para Cajazeiras, e se a gente for fazer um palanque eleitoral esse ano, como é que nós vamos poder andar juntos, se ela sempre esteve em um palanque diferente do meu. E eu entendo que eu, Paula e Júnior Araújo somos pagos pelo povo da Paraíba e temos que tratar das coisas do Estado e do Sertão juntos. Então precisamos unificar as eleições. Se esse governo quer fazer alguma coisa de bom para o país, com a legitimidade que ele tem, proponha uma reforma política e um dos itens seja de fato a unificação das eleições”, ressaltou.

Jeová ressaltou que, se necessário, é até coerente que se prorrogue os atuais mandatos de alguns ou encurte e tome essa medida.

“O que não pode é ficar com essas eleições da forma que está”, emendou.

Já no que diz respeito as disputas de 2020 e seus apoios, Jeová deixou claro que não falará sobre eleição esse ano, mas sim sobre pautas e projetos para a Paraíba.

 

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PMJP contraria MPF e decide manter execução de obras no Parque Sanhauá

Mesmo com a recomendação do Ministério Público Federal, que determinou que Prefeitura de João Pessoa se abstenha de iniciar a aplicação de recursos federais na obra do Parque Ecológico Sanhauá,…

Advogado se nega a obedecer CTB e é conduzido para PF por infração penal

Um advogado foi autuado ontem, quinta-feira (18), nos termos do artigo 329 do Código Penal, após se negar a cumprir determinação de um agente da Polícia Rodoviária Federal, na Paraíba,…