João Pessoa, 21 de Janeiro de 2018
Policial
13/09/2017 as 07:59min - PB Agora
Bando arromba loja e foge levando roupas em CG

A onda de assaltos e arrombamentos a establecimentos comerciais no Centro de Campina Grande, tem crescido de forma assustadora. Na madrugada desta quarta-feira (06), mais uma loja de roupas, situada no cruzamento das ruas Venâncio Neiva com a 7 de setembro, foi vitima da ação dos bandidos. A loja  foi arrombada e teve várias peças levadas por bandidos

Segundo informações da Polícia Militar, os suspeitos do crime conseguiram levar pelo menos 200 itens da loja durante a ação criminosa.
Ainda de acordo com a PM, o crime foi registrado por volta das 3h. Testemunhas disseram que os suspeitos invadiram a loja depois de quebrar uma das vidraças do local. No interior do estabelecimento, os assaltantes quebraram alguns manequins antes de roubar as peças de roupa e fugir.

A equipe de segurança que monitora a loja através de câmeras de segurança foi quem percebeu a ação dos suspeitos e acionou a polícia, que chegou ao local instantes depois. Até as 7h10 nenhum suspeito havia sido capturado, nem as peças de roupas recuperadas.


Em janeiro deste ano, outro caso semelhante havia sido registrado na mesma loja de roupas de Campina Grande. Na ocasião, um homem chegou a quebrar uma das vidraças do estabelecimento, mas não conseguiu roubar nenhum objeto no local.

Este mês, várias lojas foram arrombadas no Centro de Campina Grande. Um dos alvos dos bandidos foi uma loja de roupas  localizada na esquina das ruas Venâncio Neiva e 7 de Setembro.Os bandidos arrombaram o estabelecimento e fugiram levando cerca de 200 peças do estabelecimento, somando um prejuízo de aproximadamente R$ 5 mil.

Recentemente, um motorista de transporte alternativo foi assaltado na rua Cardoso Vieira, nas proximidades da Rodoviária Velha.

Um celular e dinheiro foram roubados do motorista. Uma loja localizada na mesma rua também foi alvo de bandidos. Os bandidos também assaltaram lojas de roupas na rua Campos Sales no José Pinheiro e no Monte Santo. Os comerciantes estão apreensivos e pedem providências a Polícia. 

PB Agora

Compartilhe