Um homem de 25 anos foi preso, nesta quarta-feira (5), suspeito de participar da explosão que causou o incêndio em supermercado, no bairro da Liberdade, em Campina Grande, na terça-feira (4). A prisão aconteceu no sítio Marinho, na Zona Rural da cidade e só foi possível devido a uma denúncia anônima.

O incêndio aconteceu na terça-feira, quando um grupo armado tentou roubar o cofre do supermercado, e acabou perdendo o controle das chamas. Os suspeitos arrombaram a porta lateral do estabelecimento e invadiram o local. Não houve feridos.

Segundo o capitão da Polícia Militar Johatha Yassaki, que estava à frente da operação, após a polícia ser acionada, foi encontrado no local indicado um carro roubado e uma motocicleta com restrição criminal. Com o flagrante, foi feita uma revista dentro da residência onde foram encontrados materiais explosivos e roupas que caracterizavam o crime de explosões a terminais eletrônicos, além de uma quantia em dinheiro.

O suspeito disse que não estava presente no local do crime, mas confessa ter recebido o grupo na madrugada do caso, que estavam no veículo utilizado na ocorrência. Eles deixaram sob sua responsabilidade os explosivos e feramentas utilizadas na ação.

Todo o material foi apreendido e, junto com o suspeito, foi encaminhado para a Central de Polícia, no bairro do Catolé, onde responderá a inquérito para esclarecimento do fato.

Incêndio após tentativa de explosão de cofre

De acordo com a gerência do estabelecimento, duas caminhonetes pararam em frente ao supermercado por volta das 3h, os suspeitos desceram e entraram no local. Nesse momento, cerca de sete funcionários estavam trabalhando na reposição do estoque e, ao perceberem a presença dos suspeitos, se esconderam na parte de trás do supermercado.

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Biometria facial ajuda polícia a identificar e deter foragidos em CG

Através do Sistema de Biometria Facial da Central de Monitoramento do Parque do Povo, a Policia Militar tem identificado foragidos da justiça durante os festejo juninos. De acordo com a…

Governo emite nota de pesar pelo assassinato do agente penitenciário baleado em JP

A Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba (Seap) divulgou ontem (23), nota de pesar pelo assassinato do agente penitenciário José Derlano Silva Bezerra, de 30 anos. Ele foi morto a…