Em menos de 12 horas, dois homens foram presos em João Pessoa pela Polícia Civil por prática de violência doméstica. As prisões foram realizadas pela equipe da Delegacia da Mulher, situada no bairro do Geisel. 

A primeira prisão ocorreu por volta das 3 horas da madrugada desta sexta-feira (12) , quando o homem identificado como Edmilson Carvalho da Silva foi denunciado após discutir e agredir a própria companheira. À delegada plantonista Maria da Conceição Casado, a vítima, que não terá o nome revelado por questões de segurança, contou que foi violentada durante a madrugada e que vem sofrendo os abusos há muito tempo. "Ao tomar conhecimento dos fatos, imediatamente demos voz de prisão ao agressor e fizemos os procedimentos legais. Ele foi encaminhado para Justiça que decidirá sobre seu destino", afirmou a delegada. 

A segunda prisão ocorreu no início da tarde desta sexta-feira (12). Luiz Rodrigues de Sousa foi preso por policiais civis no bairro do João Paulo, em flagrante delito, depois de agredir a sua companheira. Segundo a delegada Amindonzele Carneiro, a vítima é esteticista e foi agredida fisicamente porque atendeu um cliente homem. "Ao ser interrogado, o preso se mostrou extremamente machista e violento. Ele alegou que bateu na mulher porque a tinha proibido de atender homens e como ela desobedeceu a ordem foi castigada", detalhou Amindonzele. 

Luiz ainda tentou desqualificar as declarações da vítima, que chegou bastante ferida à delegacia. "O preso chorou e tentou mostrar arrependimento, mas não me convenceu. Testemunhas disseram que ele maltrata a companheira há 18 anos", acrescentou a delegada.

Os dois presos foram enquadrados com base no Código Penal Brasileiro e na Lei Maria da Penha.

 

Secom

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ônibus da Guanabara colide contra caminhão e duas pessoas morrem

FotoUm grave acidente envolvendo um ônibus da empresa Guanabara, um caminhão de gás e uma caminhonete deixou duas pessoas mortas no município de Horizonte, no Sertão cearense. De acordo com…

Preso é liberado para ir a motel e diretor e agente de cadeia são indiciados, na PB

O diretor e um agente da cadeia pública da cidade de Solânea foram indiciados após um preso do regime fechado ter conseguido autorização para ir a um motel e posteriormente…