João Pessoa, 21 de Maio de 2019
Política
11/10/2012 as 10:48min - PB Agora
Cássio intensifica desagrado em relação a Vené contra RC

Cássio intensifica desagrado em relação ao tratamento do prefeito de Campina ao governador: “Não é possível continuar nessa situação”

 

Em comemoração ao aniversário de 148 anos da cidade de Campina Grande, o governador Ricardo Coutinho (PSB) e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) estiveram no município para anunciar investimentos no momentante de mais de 300 milhões de reais.

 

O senador, em entrevista se mostrou triste diante da ausência do prefeito Veneziano Vital do Rego (PMDB) que mais uma vez não foi ao evento organizado pelo governador na cidade. Cássio disse que Campina perde muito com isso e que não foi a primeira vez.

 

"Estamos vivendo um momento tão importante, mas tenho uma nota triste que se trata da ausência do prefeito Veneziano no evento, ao qual não mandou nem representante. Ele fez isso ao longo destes 8 anos, sem se importar com quem fosse o mandatário do Estado. Acho que independente de quem seja o governador o prefeito tem que se relacionar com ele. Campina já perdeu muito com isso, a população e prejudicada e não é a primeira vez. Não é possivel continuar nessa situação".

 

Cássio informou que a cidade vai continuar de forma respeitosa a reividicar sua melhoria através de obras do governo estadual e federal, mas citou que a atual administração cria obstáculos para que exista a execução das obras.

 

"Vamos tentar romper as dificuldades impostas pelos gestores. São pedras no caminho colocadas de forma proposital. Eles criam obstáculos para que as obras não saiam do papel".

 

O governador também comentou a ausência do prefeito e deixou claro que o peeemedebista sobrepõe a vontade do povo pela vontade pessoal e partidária e criticou o estado da cidade.

 

"Essa ausência é a demosntração de que a vontade pessoal sobrepõe a do povo. É pensar pequeno. Não tenho como obrigar que ele venha. Se ele achar que vir não é positivo só tenho a lamentar. O que importa é o interesse coletivo. Vi muitos setores com carências e de forma deficitárias", destacou Ricardo Coutinho.

 


Vanessa de Melo

PB Agora

Compartilhe