João Pessoa, 25 de Fevereiro de 2018
Política
28/06/2013 as 07:52min - PB Agora
Triplica procura por cadastramento biométrico, diz TRE-PB

Entre o final de abril e o mês de junho, praticamente triplicou a procura dos eleitores pelo recadastramento biométrico da Justiça Eleitoral em João Pessoa. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), a demanda passou de 250 atendimentos diários para cerca de 750. Já fizeram o procedimento mais de 36 mil eleitores da capital paraibana.


Os eleitores podem procurar diretamente a Justiça Eleitoral para fazer o recadastramento ou agendar o atendimento a partir do site do TRE-PB. No entanto, em função da alta procura, os agendamentos só estão sendo feitos para daqui a três meses. “A alternativa é comparecer para o atendimento espontâneo, que não tem fila. Faz muito rapidamente, coisa de 10 ou 12 minutos, e já sai com o título na mão”, afirmou o secretário de Tecnologia da Informação do órgão, Leonardo Lívio.
 


O agendamento ocorre apenas para atendimentos no Fórum Eleitoral da capital, localizado no bairro de Tambiá. Os eleitores que preferirem fazer o recadastramento sem agendar podem procurar o mesmo local, onde existem guichês diferenciados; a Casa da Cidadania de Mangabeira; a sede da Procuradoria Geral de Justiça e também a Procuradoria Geral do estado.


O prazo final do recadastramento biométrico é 21 de março de 2014. Na Paraíba, além da capital, o processo está ocorrendo em outras 18 cidades: Campina Grande, Boa Vista, Massaranduba, Lagoa Seca, Caiçara, Logradouro, Serra da Raiz, Mamanguape, Capim, Cuité de Mamanguape, Itapororoca, Mataraca, Emas, Catingueira, Olho D’água, Aguiar, Igaracy e Nova Olinda.


De acordo com Leonardo Lívio, somados os eleitores das 19 cidades, 79.580 mil já fizeram o recadastramento biométrico. “O estado do Rio Grande do Sul, por exemplo, já recadastrou 60 mil eleitores e a Paraíba, que é um estado bem menor, já está perto de 80 mil”, ressaltou.


O secretário de Tecnologia do TRE disse ainda que os eleitores que não procurarem a Justiça Eleitoral para fazer o recadastramento dentro do prazo estabelecido, terão o título de eleitor cancelado.

 

G1PB

Compartilhe