João Pessoa, 21 de Janeiro de 2019
Política
08/04/2016 as 11:30min - PB Agora
Ricardo que sai de licença é Marcelo, e não Barbosa; nomes são homônimos; Mineral assume

Errata: Ricardo que sai de licença é o Marcelo, e não o Barbosa; nomes são homônimos; Antônio Mineral assume

ERRATA - O Diário do Poder Legislativo, desta sexta-feira (08), trouxe a licença do deputado estadual Ricardo Luís Barbosa de Lima, também conhecido como Ricardo Marcelo, do PMDB da Paraíba.


O parlamentar deixa a Casa por um período de 123 dias para tratar de interesse particular. No lugar dele assume o suplente Antônio Mineral, do PSDB, da mesma coligação.


Na Assembleia também há um deputado chamado Ricardo Barbosa, só que do PSB. Como Ricardo Marcelo é um nome adotado por Ricardo Luís Barbosa de Lima, o PB Agora errou, e publicou que a licença seria do socialista, e não do peemedebista.


No ato de concessão, a justificativa da licença é para interesse particular, já na convocação do suplente, a justificativa dada para a licença do titular é um tratamento de saúde.


Diz a publicação: " Resolve conceder licença ao deputado Ricardo Luís Barbosa de Lima pelo prazo de 123 dias, sendo três dias por atestado médico, e 120 para tratar de interesse particular, a partir desta data". A decisão foi emitida ontem, quinta-feira (07), mas o Diário do Poder Legislativo, com a concessão, só foi publicado nesta sexta-feira (08).


Em outro ato da Mesa, publicado na mesma edição, o presidente Adriano Galdino convoca o suplente Antônio Mineral. Diz a citação: “Resolve convocar o suplente de deputado Antônio Pereira Neto, para ocupar a titularidade do mandato estadual na vaga deixada pelo deputado estadual, Ricardo Luís Barbosa de Lima, licenciado para tratamento de saúde”

Apesar de não ter em seu nome, o sobrenome Marcelo, o peemedebista Ricardo Barbosa adotou a nomenclatura para se diferenciar do irmão, Tarcísio Marcelo, ambos políticos do município de Belém.
 


 

 

PB Agora

Compartilhe