João Pessoa, 21 de Janeiro de 2018
Política
14/11/2017 as 13:30min - PB Agora
RC prevê nome de vice de JP envolvido em mais escândalos

O governador Ricardo Coutinho, do PSB, confirmou, essa semana, que já tomou as medidas judiciais cabíveis contra as recentes declarações do vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (PMDB), por insinuações de suposto envolvimento em crimes, sobretudo no que diz respeito ao Caso Bruno Ernesto e o Jampa Digital.

 

Ricardo ressaltou que não tinha o que dizer sobre ‘esse cidadão, atual vice-prefeito dessa magnífica cidade chamada João Pessoa’, já que tudo que foi falado sobre ele, no tocante ao envolvimento e a relação com Eduardo Cunha, o PMDB e os escândalos tanto aconteceram, quanto estão acontecendo, como ainda vão acontecer.

 

“Eu não posso dar crédito a alguém que tem uma história tão atribulada quanto a dele e aquilo que eu disse sobre ele está acontecendo, ou não? O que eu disse aconteceu, está aí, porque todo mundo sabe disso, e a minha parte já está no poder judiciário para que efetivamente lá, o poder judiciário, dentro do estado de direito, possa dirimir qualquer dúvida em relação a minha conduta. Eu ando de cabeça erguida. Eu sei de onde eu vim, sei onde estou e sei para onde eu quero ir. Eu tenho tarefas e missões a realizar. Eu acredito na política. Eu não quero a política para poder fazer o bem a mim e aos meus e quem quiser que rode na esquina. Nada disso. Essa parte aí está no poder judiciário e aquilo que eu disse aconteceu e está acontecendo e vai acontecer mais ainda, não se iluda não, todos vocês sabem disso”, arrematou.

 

Na manhã de ontem, segunda-feira o governador cumpriu agenda administrativa no Espaço Cultural, onde fez o lançamento do ano letivo de 2018 e anunciou a ampliação das escolas de tempo integral, de 33 para 100, em todo o Estado da Paraíba.

Já nesta terça-feira (14) Ricardo assintou a ordem de serviço para o início da construção da TransParaíba – Adutora do Curimataú, a maior obra hídrica do Estado construída com recursos próprios, que vai levar água até as residências dos habitantes de 19 municípios que enfrentam problemas de abastecimento.

 

PB Agora

Compartilhe