João Pessoa, 10 de Dezembro de 2018
Política
27/11/2018 as 08:36min - PB Agora
Abandono e omissão: mesmo com agravamento da erosão, turistas têm acesso livre a precipício da falésia do Cabo Branco; Veja o vídeo

Mesmo com o aumento diário da erosão da falésia do Cabo Branco, um dos pontos tidos como cartão postal da cidade de João Pessoa, turistas continuam tendo acesso livre ao local, colocando em risco às próprias vidas. A sinalização no local faz alertas, mas há pouca fiscalização.

O local representa uma ameaça não apenas para quem insiste em visitar o local, mas também ao patrimônio público, a exemplo  do Farol, que corre o risco de ser ‘engolido’, caso haja mais deslizamentos, e da Estação Cabo Branco, que pode ter a estrutura comprometida daqui a alguns anos caso o descaso permaneça.

Nos seis anos da gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PV) o problema avançou, mas as soluções ficaram estagnadas.

As obras para a contenção da erosão da falésia ainda não foram sequer licitadas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa.

Parte da cerca colocada para a interdição da área afetada foi arrancada, permitindo, desta forma, o acesso de pedestres, ciclistas e até motociclistas ao precipício.

Através das imagens áreas feitas pela TV PB Agora, é possível ver o resultado do agravamento diário da erosão. A água barrenta é resultado dos deslizamentos. As fissuras avançam quase três metros no asfalto. Mas isso não impede que a área seja visitada frequentemente.

A erosão na barreira do Cabo Branco foi motivo de preocupação na Conferência da Onu  Rio mais 20, realizada em 2012. Na época, biólogos e ambientalistas chamaram a atenção para a urgência na realização de obras de contenção na falésia. De lá para cá, seis anos já se passaram da gestão Cartaxo, sem que nada fosse feito. 

A falésia hoje é sinônimo de abandono e perigo.

De acordo com o Ministério da Integração Nacional, na semana passada o projeto de contenção foi aprovado e cerca de 65 milhões de reais devem ser investidos inicialmente.

As informações da Secretaria de Planejamento de João Pessoa são de que, após a aprovação do projeto de contenção da barreira, a partir de agora será realizado o empenho dos recursos para que sejam iniciados os trâmites necessários para a obra.

ASSISTA

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Compartilhe