Na manhã desta terça-feira (04), a polêmica em torno da anulação da PEC que impossibilitava a reeleição e a eleição antecipada para a Mesa Diretora da Assembleia Legisltaiva da Paraíba (ALPB), voltou a ser discutida entre os parlamentares da Casa de Epitácio Pessoa.

Na tribuna, o deputado Ricardo Barbosa lamentou mais uma vez a decisão do presidente Gervásio Maia de anular a votação após o parecer da Procuradoria da Casa.

De acordo com Barbosa, essa foi uma decisão sem precedentes no legislativo brasileiro e fere a soberania do plenário.

“Tenho a lamentar mais uma vez a forma e a contextualização da decisão sobre a PEC 2013/2017. Queria chamar a atenção dos parlamentares dessa Casa que a decisão não tem acolhimento de nenhuma natureza, de nenhuma forma, por mais que se buscasse imprensar, acomodar no regimento, não há. Eu renuncio o meu mandato ainda nessa sessão se o presidente convocando toda a assessoria da Casa conseguir mostrar que no regimento dela há abrigo para sua esdrúxula decisão, intempestiva inusitada e única no legislativo brasileiro. Gervásio leva na bagagem esse lamentável episódio que derrota e aniquila a soberania do plenário” disso.

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Senado também aprova uso de leitos privados por pacientes do SUS

O pioneirismo da lei 11.686/2020, de autoria do deputado Wilson Filho (PTB), que permite ao Governo do Estado internar pacientes do SUS com coronavírus e suspeita de infecção pelo vírus…

ALPB deve promulgar lei que prevê desconto em escolas e faculdades durante pandemia

Em entrevista ontem (27), a uma emissora de televisão da capital, o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino, disse que vai buscar derrubar o veto, caso o…