As obras na Avenida Sanhauá, por trás do Terminal Rodoviário, no bairro do Varadouro em João Pessoa, no sentido Bayeux, se arrastam por mais de quatro meses sem conclusão. Os motoristas e os pedestres que passam pelo local reclamam do problema.

Eles precisam ter paciência e redobrar a atenção por conta das alterações no trânsito. Nos horários de ‘rush’ é comum os congestionamentos, pois uma das vias está parcialmente interditada. Em setembro deste ano, a Secretaria de Infraestrutura da Capital (Seinfra) informou que o serviço seria concluído em 15 de outubro, mas a obra está atrasada.

""

No trecho bloqueado, duas tampas de galerias já foram colocadas, porém ainda há vários amontoados de areia, tijolos, tubos de concretos e pedra britada. Para poder passar, os motoristas que seguem no sentido Bayeux precisam invadir uma das faixas do sentido oposto da via e depois retornar a parte desbloqueada. A interdição, que foi feita pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), ocorreu em 15 de outubro e a previsão era durar 20 dias. Há alguns cones que sinalizam a mudança, mas devido ao intenso fluxo de veículos na área é comum os instrumentos estarem derrubados ou quebrados. Para evitar acidentes, a população que mora ou trabalha coloca cones ou objetos que ajudam a dividir a via.

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veneziano critica descontrole da pandemia em CG e culpa Romero

O senador veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) lamentou na noite desta quarta-feira (28) que Campina Grande tenha ultrapassado a marca dos mil casos confirmados de Covid-19. “Estamos enfrentando um momento…

ALPB deve promulgar lei que prevê desconto em escolas e faculdades durante pandemia

Em entrevista ontem (27), a uma emissora de televisão da capital, o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino, disse que vai buscar derrubar o veto, caso o…