O senador Renan Calheiros (MDB-AL) usou a gráfica do Senado para imprimir um livro com 489 páginas em que defende sua biografia e apresenta “reflexões que a grande mídia não vê ou prefere não ver”. A publicação foi distribuída nos gabinetes dos senadores e deputados e a parlamentares eleitos que assumirão em 1º de fevereiro. Embora negue publicamente que será candidato à presidência da Casa, cargo que já ocupou por três vezes, Renan articula nos bastidores a sua candidatura.

“Neste livro você irá se deparar, aqui e ali, com fatos, relatos e reflexões que a grande mídia não vê ou prefere não ver. Coloco-as à disposição e ao juízo do leitor. Espero que o ajude a compreender decisões e atitudes que tomei e as consequências delas advindas”, diz o senador na introdução de Democracia Digital. “Sirva-se do livro. Leia-o nas férias e bom proveito”, sugere na apresentação.

"" (Reprodução da capa do livro. Ele rodou 2 mil exemplares e diz que vai mandar imprimir outros 2 mil)

Congresso em Foco

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Olimpio volta a colocar nome à disposição para ser candidato a prefeito de Campina

O vereador campinense Olimpio Oliveira (MDB) em entrevista a uma emissora de rádio da cidade, ontem (17), revelou seu desejo de ver nas eleições municipais de 2020, um projeto de…

Especialista aponta perigo de obra da PMJP para moradores do Oitizeiro

Em entrevista a imprensa o professor Gilson Moura, do Departamento de Sistemática e Ecologia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), comentou sobre os riscos das obras de construção das estações…