A tarifa do transporte coletivo urbano de João Pessoa passará a ter um novo valor a partir deste domingo (13). Em reunião realizada nesta sexta-feira (11), o Conselho Municipal de Mobilidade Urbana (CMMU) definiu a nova tarifa do sistema, que será de R$ 3,95, 40 centavos a mais que a tarifa atual, de R$ 3,55. O aumento foi aprovado pelo prefeito da cidade, Luciano Cartaxo (PV).

Segundo a assessoria da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), o aumento foi aprovado após análise da planilha de custos do sistema de transporte, percebeu-se a necessidade de reajuste, principalmente para acompanhar o aumento no preço do diesel e o custo com o pessoal após o aumento salarial concedido aos operadores, como alerta o presidente do Sindicato dos Transportes Urbanos de João Pessoa, Alberto Nascimento. Ele ainda destaca a queda “acentuada” no número de passageiros que utilizam o transporte público. Em 2018, foram compradas 3,8 milhões de passagens a menos com relação a 2017, uma queda de 6,4%.

O valor identificado como ideal para a passagem após cálculos realizados seria de R$ 3,98, mas o CMMU fixou o preço em R$ 3,95. A Superintendência Municipal de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP), no entanto, apresentou uma proposta de desconto para os usuários do Passe Legal, reduzindo a passagem em R$ 0,15. “Essa é uma forma de valorizar e fidelizar o usuário”, explicou o superintendente da Semob-JP, Adalberto Araújo. As informações são do Blog do Diego Lima.

Valor de uma úncia viagem ida e volta em João Pessoa vai se equiparar a quantia retirada do reajuste do salário mínimo – R$ 8,00

Uma das primeiras medidas depois de eleito foi diminuir os direitos dos trabalhadores, mostrando como serão os próximos dias em seu governo. Um decreto assinado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, fixou o salário mínimo em R$ 998 neste ano, R$ 8 reais a menos que o estipulado.

O valor atual é de R$ 954. O decreto foi publicado hoje em edição extra do “Diário Oficial da União”.

A partir de agora, valor ficou abaixo da estimativa do orçamento da União, de R$ 1.006.

Esse orçamento foi enviado em agosto do ano passado por Michel Temer ao Congresso.

 

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bolsonaro sobre Moro: ”Meu pai dizia: confie 100% só em mim e na mãe”

Um dia após novos vazamentos de conversas do ministro da Justiça, Sergio Moro, reveladas pelo The Intercept Brasil, o presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que o ex-juiz foi responsável…

“Se forçar a barra, não aprova nada”, diz Bolsonaro sobre Previdência

O governo deve ceder para ver a reforma da Previdência aprovada, afirmou hoje (14) o presidente Jair Bolsonaro, em café da manhã com jornalistas, no Palácio do Planalto, ao analisar…