O deputado estadual Hervázio Bezerra não está para qualquer papel. Agora, como senhor absoluto do seu mandato e não mais aquele suplente no exercício, sempre estressado pela ansiedade face à possibilidade de ser recolhido à suplência, cacifou-se pra endurecer o pescoço…

Significa dizer, portanto, que Hervázio é e continuará sendo da base aliada ao Palácio da Redenção, mas sem disposição para se sujeitar a papéis que não estejam dentro das suas expectativas e à altura do seu novo tamanho político…

Por exemplo: nos próximos lances do xadrez político para as famosas acomodações de aliados do governo, já especulados, o bananeirense não está para peão. Terá de ser tratado com status de bispo pra cima…

À coluna, uma fonte disse ontem que Hervázio Bezerra está conversando sobre a possibilidade de assumir uma secretaria no governo de João Azevedo. Mas não topa qualquer pasta. A da Articulação Política, para a qual estaria sendo cogitado, seria pouco para as suas pretensões, dada a irrelevância da pasta.

Em tempo: governo estadual deve mover algumas peças de sua bancada na Assembleia Legislativa, levando-as para o Executivo,a fim de abrir espaço para aliados que amargam a suplência.

Pelo que dá pra perceber,  Hervázio agora pode até aceitar, mas não pra qualquer coisa.

Wellington Farias

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Pesquisa aponta Ricardo Coutinho como maior liderança da PB com 37,1%

Mesmo sem mandato desde janeiro desse ano, o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) ainda é considerado a maior liderança política do Estado da Paraíba. A constatação está na pesquisa…

Ruy Carneiro destaca independência na Câmara dos Deputados

O deputado estadual Ruy Carneiro (PSDB) declarou que na Câmara Federal tem buscado realizar um mandato independente, focado no que for melhor para a população brasileira, independente se forem projetos…