João Pessoa, 21 de Fevereiro de 2019
Política
09/02/2019 as 16:00min - PB Agora
Eduardo Carneiro diz que João está com medo de ser fiscalizado

O vice-líder da oposição, deputado Eduardo Carneiro (PRTB) reagiu às críticas do governador João Azevêdo (PSB), que disse ser inócuas a CPI da Cruz Vermelha e a Caravana Paraíba. De acordo com Eduardo, o gestor deve estar com medo de ser fiscalizado.

Eduardo lembrou que mesmo antes de assumir o cargo, João Azevêdo já estava tentando interferir na eleição da Assembleia Legislativa para poder tutelar o Poder Legislativo. “Ele está com medo de ser fiscalizado, basta ver os últimos acontecimentos quando tentou interferir na eleição da mesa diretora da Assembleia, mas lá perdeu de goleada”, disse.

Sobre não conhecer o suposto parque de obras no estado e a Paraíba, Eduardo disse que já tem conhecimento de várias obras inacabadas e de serviços precários. “Já mantive reunião no Ministério Público e informações do Tribunal de Contas do Estado e do Foco, por isso vi a necessidade da Caravana, não para fazer oposição por oposição, mas para verificar in loco a real situação de nosso estado”, destacou.

O deputado disse ainda que o governador deve uma satisfação à sociedade em relação ao escândalo da Cruz Vermelha, e deveria seguir o nosso conselho de afastar todos os denunciados e envolvidos na investigação, que tiveram mandados de busca e apreensão em suas residências.

Entenda

O deputado Eduardo Carneiro propôs a implantação de uma caravana que pudesse percorrer a Paraíba fiscalizando possíveis obras inacabadas do governo do Estado, além de defender a implantação de uma CPI para investigar a atuação da Cruz Vermelha nas unidades de Saúde da Capital.

Ao ser questionado sobre as propostas do parlamentar, o governador João Azevêdo tachou a CPI de "inócua" e disse que a oposição está chegando atrasada pois o Ministério Público já está fazendo os levantamentos necessários e em breve apresentará os resultados.

"A oposição quer holofote" disparou o gestor.

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Compartilhe