Nesta semana, dia 15, completa quatro meses que uma parte da Avenida Sanhauá, no bairro do Varadouro, em João Pessoa, foi interditada pela Prefeitura Municipal de João Pessoa para a realização de uma obra de drenagem. Por conta disso, os condutores que precisam se deslocar da Capital no sentido Via Oeste ou Bayeux reclamam dos constantes congestionamentos formados nas vias que permitem chegar aos destinos desejados.

 

Em horários de ‘rush’ e em dias chuvosos, a situação fica ainda mais complicada. Em agosto do ano passado, um buraco se formou e comprometeu parte de uma das faixas, a da direita, e foi necessário bloquear com tapumes. Como o problema avançou, a avenida foi totalmente interditada.

 

O novo prazo informado para a conclusão é no final deste mês. A alternativa de tráfego para a maioria dos motoristas é passando em frente o Terminal Rodoviário Severino Camelo, ou seja, na Rua Francisco Londres, depois Visconde de Itaparica, entrando à direita na Rua Índio Piragibe até a Avenida Nova Liberdade, de onde terão a opção de seguir para Bayeux ou retornar no sentido João Pessoa, ainda na Avenida Nova Liberdade até o destino desejado.

 

Desde outubro do ano passado, quando o local foi interditado, esse é o caminho orientado pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP). Mesmo com o trecho interditado, ainda há motociclistas que desrespeitam a sinalização e trafega no local, sem se preocupar com o risco.

 

De acordo com a secretária de Infraestrutura da Capital, Sachenka da Hora, a solução definitiva para a Avenida Sanhauá foi encontrado no dia 14 de janeiro deste ano. Ela informou que para isso a obra foi dividida em duas etapas. A primeira é uma drenagem, no terreno lateral do Terminal Rodoviário.

 

“Não podemos ir para o trecho da avenida sem fazer essa primeira etapa. Assim que concluirmos iremos para o outro trecho para finalizar a obra. Faremos a drenagem, o melhoramento do solo e a pavimentação para poder liberar a via”, informou, destacando que a obra recomeçou no final da primeira quinzena de janeiro. Antes, estavam sendo feitos estudos técnicos para retirar o problema.

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos



Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

….EMANOEL…Apesar de campanhas é fácil flagrar crianças vítimas de trabalho infantil em JP, aponta levantamentos

‘Lugar de criança é na escola, praticando esportes e em atividades culturais e de lazer’. Com este objetivo, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de…

Empresários na política: bom ou ruim? Cientista político avalia que grupos políticos ainda dominam na PB

Eis uma ideia bastante popular, particularmente entre a direita e alguns liberais: se um indivíduo é bem-sucedido no mundo empresarial, então ele possui o conhecimento necessário para tomar decisões sábias…